Cotidiano

VÍDEO: cliente compra refrigerador que não gela e reclama em ‘móveis usados’

Gerente diz que dinheiro será devolvido

Midiamax Publicado em 18/01/2017, às 15h16

None
moveis_usados_-_whatsapp_editado.jpg

Gerente diz que dinheiro será devolvido

Consumidora ficou revoltada depois comprar um geladeira com defeito em uma loja de móveis usados, localizada na Avenida Júlio de Castilho, em Campo Grande. Segundo relatos, o eletrodoméstico entregue, três dias depois da compra, não era o mesmo escolhido na loja, além disso, o refrigerador não funciona. 

"Minha tia precisava de uma geladeira com urgência porque ela cuida da minha avó que é especial. Foi lá, escolheu e pagou o dinheiro à vista. Três dias depois, recebeu uma geladeira que não funciona", relata Jenifer Lopes dos Santos, de 27 anos.

Conforme as informações, ao perceber o problema, a cliente entrou em contato com a loja e solicitou a devolução do valor pago, porém, o pedido foi negado e o responsável pelo estabelecimento sugeriu reparo do eletrodoméstico. 

"Minha tia pediu o dinheiro de volta e ele disse apenas que iria arrumar a geladeira. Passaram-se alguns dias, ele informou que a geladeira voltou com o mesmo problema, mas que mandaria arrumar em outro lugar. Minha tia não quer isso, precisamos que ele devolva o dinheiro para comprarmos outra geladeira", frisa.

Jenifer afirma que na manhã desta quarta-feira (18), a tia foi à loja reforçar o pedido de devolução do dinheiro. Minutos depois, ela fez um VÍDEO relatando a situação.

"Ele se nega a entregar o dinheiro. Como isso já fazem mitos dias conseguimos uma geladeira emprestada e temos de devolver, mas para isso, temos de comprar outra", observa.

À equipe de reportagem do Jornal Midiamax, o responsável pela loja, que preferiu não se identificar, confirma que a geladeira está danificada, porém, nega que o eletrodoméstico foi trocado e garante que fará a devolução do valor pago.

"A geladeira realmente está com defeito, mas é a mesma que ela escolheu na loja. Não houve troca. Levei para arrumar e não deu certo, infelizmente alguns móveis usados acabam dando problema, mas vamos devolver o dinheiro dela. Só peço mais um tempo porque as vendas estão muito ruins, ninguém está comprando, preciso levantar o valor para devolver", justifica.

Conforme o gerente da loja, o dinheiro será devolvido até a próxima terça-feira (24).

Direito do consumidor –

A superintende do Procon (Proteção de Defesa do consumidor), Rosimeire Cecília da Costa, explica que mesmo produtos usados devem ter garantia de 90 dias e caso apresente algum defeito referente à sua função, o reparo deve ser realizado em até 30 dias.

Conforme o Código de Defesa do Consumidor, se depois do reparo o produto ainda apresentar defeito, o valor pago tem de ser ressarcido em até 15 dias, contados a partir da data do conserto. 

WhatsApp: fale com os jornalistas 

O leitor enviou as imagens ao WhatsApp do Jornal Midiamax, no número (67) 99207-4330. O canal de comunicação serve para os leitores falarem com os jornalistas. Flagrantes inusitados, denúncias, reclamações e sugestões podem ser enviados com total sigilo garantido pela lei.

Assista ao VÍDEO gravado pela cliente

Jornal Midiamax