Cotidiano

VÍDEO: casas são derrubadas e invasores têm 5 dias para deixar área

Ação de despejo conta com apoio de 20 guardas 

Midiamax Publicado em 18/01/2017, às 19h21

None
75405d98-7668-42cb-b27e-d9a4e97f6205.jpg

Ação de despejo conta com apoio de 20 guardas 

As 60 famílias que ocupam uma área no Jardim Montevideo, há seis meses, em Campo Grande, estão sendo notificadas na tarde desta quarta-feira (18) para a saída do local em até 48 horas. Casas de alvenaria, que foram construídas no últimos meses e que estão vazias, são demolidas com a ajuda de uma retroescavadeira.

A ação de despejo da Emha (Agência Municipal de Habitação) conta com o apoio de 20 guardas municipais.

Os invasores estão revoltados com a remoção, tendo em vista, a visita feita pelo atual prefeito Marquinhos Trad, durante a campanha, com a promessa de regularização da situação habitacional.

Cinco casas de alvenaria foram demolidas e as famílias querem o ressarcimento do que investiram para a construção.

A atendente de telemarketing Viviane, de 26 anos, mora no local há seis meses com a filha de 5 anos. "Preciso da área. Estava aqui quando o prefeito veio prometer regularização. Preciso sustentar minha filha", disse.

Conceição Brito da Silva, de 56 anos, que trabalha com reciclagem ressalta que as pessoas que estão no local gastaram tudo que tinham para permanecerem na área "Aqui tem mulher grávida que não tem alternativa. Gastaram tudo que tinham para construir algo no terreno e agora eles vêm e destroem tudo", relatou.

A reportagem indagou a assessoria de imprensa da Prefeitura sobre a ação e a informação é de informou que todos os invasores de áreas públicas serão notificados administrativamente e caso o problema persista haverá judicialização.

Assista ao vídeo:

Jornal Midiamax