Cotidiano

Ventania chama atenção, mas é normal para época, diz meteorologia

Sensação térmica chegou a 10°C, na Capital

Wendy Tonhati Publicado em 04/07/2017, às 11h58

None

Sensação térmica chegou a 10°C, na Capital

Casaco, suéter, cachecol e até touca de lã. Esse tem sido o figurino de quem saí logo cedo de casa em Campo Grande. No decorrer do dia, a temperatura aumenta, mas quem precisa enfrentar a rua antes das 7 horas tem tido a impressão que a ventania está maior, o que deixa a sensação térmica ainda mais baixa.

Neste começo de semana, as mínimas em Campo Grande chegaram a ficar em torno dos 12°C. Já a sensação térmica, marcando 10°C. As rajadas de vento atingem até 50 km/h, no início da manhã. 

Esse tempo gelado chamou a atenção dos leitores do Jornal Midiamax que questionaram: Esse ano está ventando mais na Cidade Morena? A resposta veio do meteorologista Natalio Abrahao Filho, da estação meteorológica Anhanguera-Uniderp que esclarece que o inverno segue como o esperado. 

“As frentes frias são fracas com pouca nebulosidade. Os volumes de chuva são os mais baixos do ano e, principalmente, umidade relativa do ar baixa à tarde e ventos de rajadas pela manhã. Os dias tem manhas frias e as máximas não muito elevadas. Não há nada atípico”, diz.

Ventania chama atenção, mas é normal para época, diz meteorologia

O tempo segue sem previsão de chuva e já são 16 dias de estiagem. Segundo Abrahao Filho, os municípios onde não chove há mais tempo são Paranaíba com 25 dias e Cassilândia com 23 dias. Em função da velocidade do vento, a sensação térmica mais baixa foi em Ponta Porã com 5 graus, seguida de Itaquiraí e Maracaju (última segunda-feira).

Foto: Cleber Gellio

Jornal Midiamax