Cotidiano

União suspende repasse de recursos do Ministério da Saúde a oito municípios de MS

Repasses ficam suspensos por quatro meses

Joaquim Padilha Publicado em 18/01/2017, às 12h05

Foto: Reprodução
Foto: Reprodução - Foto: Reprodução

Repasses ficam suspensos por quatro meses

O Ministério da Saúde suspendeu nesta quarta-feira (18) o repasse de recursos da Vigilância Sanitária Nacional a oito municípios de Mato Grosso do Sul por quatro meses, até abril de 2017.

Foram suspensos os recursos federais da Vigilância Sanitária destinados a Bataguassu, Itaporã, Itaquiraí, Japorã, Ladário, Novo Horizonte do Sul, Paraíso das Águas e Rochedo.

Segundo a portaria do Ministério da Saúde que suspendeu os repasses, os municípios teriam estado irregulares quanto à informação de produção da vigilância sanitária, por pelo menos três meses consecutivos, durante o ano de 2016.

As informações de produção são utilizadas pelo Ministério da Saúde para monitorar a utilização dos recursos repassados ao município. 

Em todo o Brasil, mil municípios tiveram recursos suspensos por apresentarem irregularidades na devolução de informações.

A portaria foi publicada nesta quarta-feira no Diário Oficial da União, e assinada pelo ministro da Saúde, Ricardo Barros.

(sob supervisão de Ludyney Moura)

Jornal Midiamax