Cotidiano

Temporal destelha casa, família perde tudo e precisa de doações

Crianças de 4 meses e 3 anos estão sem leite e fraldas

Ana Paula Chuva Publicado em 15/08/2017, às 18h21

None

Crianças de 4 meses e 3 anos estão sem leite e fraldas

Uma família teve a casa destelhada e perdeu tudo durante o temporal acompanhado de granizo no início da tarde desta terça-feira (15), na Capital. Fernanda Karolina Barroso, 19 anos, dona de casa, as duas filhas uma de 4 meses e uma de 3 anos e o marido também de 19 anos, residem em uma vila de kitnets no bairro São Conrado e precisam de doações.Temporal destelha casa, família perde tudo e precisa de doações

De acordo com Fernanda, ela estaria lavando roupas no momento em que começou o temporal e a filha menor dormia no berço do quarto que ficou completamente destruído. “Não sei como não aconteceu nada com ela. Eu tava lavando roupas, quando senti o vento forte e as pedras de gelo caindo. O telhado começou a levantar”, contou.

Sem saber o que fazer e com medo de morrer, Fernanda disse que a reação foi sair correndo com as filhas para uma varanda vizinha na vila de casas. “Eu não sabia o que fazer, achei que ia morrer que ia cair tudo em cima de nós”, disse.
A kitnet, alugada, tem três peças e ficou totalmente destelhada. “A única coisa que sobrou foi o forro da sala”, explicou.

 “As fraldas das crianças, o leite, a comida, as roupas. A televisão e o ventilador, tudo que tínhamos molhou e estragou”, falou Fernanda. Ela e o marido estão desempregados, e o que tem garantido o pouco de sustento são alguns bicos que o jovem consegue.

Segundo a jovem, o dono da vila de casas cedeu a kitnet ao lado para que ela e a família fiquem, mas o local estaria com as telhas também comprometidas, o que causa medo neles. “Tô com muito medo de onde vou passar a noite. As telhas também estão rachadas se der outro temporal a gente corre muito risco”, concluiu.

Doações

A família precisa de doações principalmente de comidas, roupas e colchão para dormir. Quem desejar e puder ajudar pode entrar em contato pelos telefones: (67) 9 9344-1476 falar com a Fernanda ou pelo (67) 9 9265-2334 falar com Néia.

Jornal Midiamax