Recepcionista ferida a tiros por ex-marido deixa CTI da Santa Casa da Capital

Crime aconteceu no dia 23 de março
| 17/04/2017
- 15:38
Recepcionista ferida a tiros por ex-marido deixa CTI da Santa Casa da Capital

Crime aconteceu no dia 23 de março

Após 23 dias internada no CTI (Centro de Tratamento Intensivo) da Santa Casa da Capital, a recepcionista ferida a tiros pelo ex-marido, de 32 anos, foi transferida para a enfermaria do hospital.

De acordo com a assessoria de comunicação do hospital, a recepcionista foi transferida do CTI para a enfermaria neste fim de semana, mas continua em coma e respira com ajuda de aparelhos. Sem estado de saúde ainda é considerado grave.

A recepcionista foi internada no dia 23 de março depois do ex-marido invadir seu local de trabalho, na Avenida Mascarenhas de Morais e efetuar disparos, que atingiram sua nuca passando pelas duas primeiras vértebras de sua coluna.

O ex-marido recebeu alta no dia 5 de abril depois de passar 13 

Relembre o caso

Na tarde do dia 23 de março, o ex-marido procurou a vítima em seu local de trabalho, na Avenida Mascarenhas de Moraes. Ela chegou a tentar se esconder do homem que, armado, atirou contra a vítima e depois tentou suicídio.

Equipes do Batalhão de Choque, Força Tática da Polícia Militar e Corpo de Bombeiros estiveram no local. A mulher e o agressor foram levados para a Santa Casa e a tentativa de feminicídio foi registrada e é investigada pela Deam (Delegacia de Atendimento a Mulher).

A mulher já tinha registrado sete boletins de ocorrência contra o agressor por violência doméstica. O último caso foi denunciado à polícia na manhã do mesmo dia, por ameaça e também por ele descumprir a medida protetiva que a vítima tinha. O ex-marido era agressivo, violento e não queria aceitar o fim do casamento, segundo informações da vítima feitas no último boletim de ocorrência.

 

Veja também

Últimas notícias