Cotidiano

Provável problema em servidor teria acarretado mudança de horário em celulares

Anatel vai apurar o caso

Tatiana Marin Publicado em 07/07/2017, às 22h00

None

Anatel vai apurar o caso

Uma instabilidade em servidores pode ter causado a mudança de horários em celulares Android, em sua maioria da operadora Claro e, aparentemente, só em Campo Grande. A partir da tarde desta quinta-feira (7) até a madrugada desta sexta (8), diversos usuários da Capital relataram ter observado que o horário em seus smartphones estavam adiantados de 20 minutos a até uma hora.

Uma usuária relatou que antes de mudar o horário do seu celular, ela observou que o aparelho mesmo com sinal da operadora, permaneceu sem acesso ao 3G por aproximadamente 10 minutos.

Conforme o especialista em tecnologia Pedro Bastos, o sistema operacional da Google usa o protocolo NITZ (Network Identity and Time Zone, ou Identidade da Rede e Fuso Horário) para sincronizar os horários. É provável que um ou mais servidores tenham apresentado alguma instabilidade e afetado usuários ligados àquela rede no momento, o que explicaria o fato isolado.

Diversas buscas realizadas tanto em sites de notícias de tecnologia, como através do buscador do Google, não trouxeram informações de que o fenômeno tenha acontecido em outros estados no último dia.

Provável problema em servidor teria acarretado mudança de horário em celulares

Ainda, a Anatel afirma ser obrigação do usuário “parametrizar o seu equipamento terminal (celulares) para se manter sincronizado com o horário informado pela Prestadora ou fazê-lo de forma autônoma, já que os dispositivos móveis comercializados no Brasil (sejam com o sistema operacional Android, sejam com o IOS) possuem recursos que permitem ao seu usuário definir a  data, hora e o fuso horário e horário de verão de forma autônoma”.

A operadora Claro enviou posicionamento informando apenas que a sua rede “está funcionando normalmente”.

Jornal Midiamax