Cotidiano

Pediatras voltam a receber gratificação por plantão em UPAs da Capital

Categoria estava sem bonificação desde dezembro

Joaquim Padilha Publicado em 04/04/2017, às 13h54

None
upa_vila_almeida.jpg

Categoria estava sem bonificação desde dezembro

Os pediatras que atuam durante o dia nas UPAs (Unidades de Pronto Atendimento) da Capital voltarão a receber a gratificação por plantão. Os valores foram fixados por um decreto da Prefeitura de Campo Grande, publicado nesta terça-feira (4).

Nos plantões semanais obrigatórios, de 6h, os profissionais irão receber uma gratificação de R$ 300 caso trabalharem no período vespertino, e de R$ 160 por turno matutino. Para os que cumprirem plantões eventuais nas UPAs da Capital, será pago R$ 80 por turno matutino, e R$ 160 por turno vespertino.

Desde dezembro do ano passado os pediatras da rede pública municipal estão sem receber as bonificações previstas para os plantões na Capital, por fim da vigência do decreto que regulamentava os valores.

Até então, a gratificação para qualquer dos plantões era de R$ 208. Sem as bonificações, boa parte dos pediatras vinha deixando de atuar na rede pública para atender em clínicas e consultórios particulares.

A média de profissionais nos turnos matutino e vespertino tem sido de 10 a 15 profissionais nas UPAs e CRS (Centros Regionais de Saúde), de acordo com as escalas divulgadas pela Sesau (Secretaria Municipal de Saúde).

Segundo a assessoria da Sesau, os valores fixados da nova gratificação são oriundos de indicativos da própria categoria dos pediatras, que se reuniu há duas semanas com o secretário Municipal de Saúde, Marcelo Vilela, e outros representantes da Prefeitura.

Atualmente, há 26 pediatras trabalhando nas UBS (Unidade Básica de Saúde) da Capital e 66 nas unidades de emergência. O déficit da categoria seria de 22 135 médicos, para cada tipo de unidade.

(com supervisão de Evelin Cáceres)

Jornal Midiamax