Cotidiano

Núcleo de Geotecnologia ajudará MPE-MS na investigação de crimes ambientais

NUGEO utilizará tecnologias para analisar dados ambientais

Joaquim Padilha Publicado em 10/01/2017, às 13h40

None
pantanal.jpg

NUGEO utilizará tecnologias para analisar dados ambientais

O MPE-MS (Ministério Público de Estado de Mato Grosso do Sul) publicou nesta terça-feira uma resolução criando o NUGEO (Núcleo de Geotecnologias), que será responsável por coletar, analisar e processar dados ambientais por meio de geoprocessamento, em apoio aos investigadores do órgão.

O Núcleo foi criado levando em conta o aumento significativo de inquéritos e procedimentos investigativos envolvendo suspeitas de práticas de crimes ambientais, nas Promotorias de Justiça do Ministério.

A atuação do NUGEO irá ajudar a solucionar esses crimes ambientais, por meio das geotecnologias, exibindo mapas, relatórios, arquivos digitais que auxiliem no trabalho dos procuradores de Justiça.

Segundo a resolução, o CNMP (Conselho Nacional do Ministério Público) reconheceu a criação do Núcleo e sua integração ao MPE-MS como uma experiência necessária e inovadora.

O NUGEO ficará vinculado à Coodenadoria do Centro de Apoio Operacional das Promotorias de Justiça do Meio Ambiente.

Da Coordenadoria, as solicitações de informações por parte dos procuradores serão repassadas ao Núcleo, que irá devolver suas análises aos investigadores.

A resolução foi assinada pelo procurador-Geral de Justiça Paulo Cezar dos Passos, e entra em vigor na data de sua publicação, no Diário Oficial do MPE-MS.

(sob supervisão de Ludyney 

Jornal Midiamax