Cotidiano

Na primeira semana de janeiro, Capital atingiu 9% de chuva esperada para o mês

Dois municípios passaram dos 50%

Ana Paula Chuva Publicado em 09/01/2017, às 19h35

None
img-20151218-wa0155.jpg

Dois municípios passaram dos 50%

Em Campo Grande, a primeira semana de 2017 já registrou quase 10% do esperado de chuva, de acordo com o boletim do Cemtec-MS. Na Capital a expectativa é de 231,9 mm de precipitação pluvial para janeiro e do dia 1º ao dia 8, foram registrados 22,6 mm de chuva, 9,75% do estimado para o mês. Jardim registrou 10,13% do esperado de 189,5mm, com volume de chuva de 19,2 mm

Em Nhumirim o volume de chuva registrado foi de 22,4 mm, 10,94% do esperado para o mês de 204,7 mm.  

Duas cidades tiveram os registros acima dos 50%. A primeira foi Juti com o maior nível de chuvas na primeira semana, registrando 109,4 mm, 65,27% do esperado para o mês que é de 167,6mm. Seguida de Sete Quedas, que teve 53,66% do esperado registrando 78,4 mm nessa semana. Para o mês espera-se que chova 146,1mm.

Em Ponta Porã choveu 83,2 mm sendo o segundo maior registro de precipitação pluvial no estado. O esperado para o município é de 194,6 mm, sendo assim já choveu 42,75% do que se estima para o mês. Na sequência temos a cidade de Bataguassu, com um volume de chuva registrado de 76,2 mm. 33,69% do esperado para o mês que é de 226,2 mm.

Outras duas cidades ficaram acima dos 30% do esperado. Bela Vista registrou 33,44%, com 53 mm de volume de chuva. Para o mês estima-se que os registros cheguem a 158,5 mm. E São Gabriel do Oeste onde o volume registrado foi de 65 mm, 30,43% do estimado de 213,6 mm até o final de janeiro.

Quatro municípios já registraram mais de 20% do esperado para janeiro. Em Sidrolândia a expectativa para o mês é de 203,3 mm e já choveu 27,05% do esperado, um volume de chuva de 55 mm. Seguido de Maracaju com 52,6 mm de precipitação, 26,22% do esperado de 200,6 mm.

Três Lagoas, o volume de chuva chegou aos 50,4 mm, 23,27% do total esperado de 216,6 mm. E Ivinhema com registro de 42,6 mm de chuva do estimado de 184,6 mm, 23,08%. Amambaí chegou perto dos 20%, registrando 18,55% de precipitação, com 30 mm de volume de chuva, espera-se que esse número chegue aos 161,7mm.

Acima dos 10% ficaram seis cidades. Por ordem, Itaquiraí com 27,2 mm, 17,57 do esperado de 154,8mm.Rio Brilhante com 31,8 mm de volume de chuva, 17,18% do esperado de 185,1 mm. Água Clara com 16,13% do esperado de 248 mm, registrando 40 mm de chuva. Em Dourados o registro de chuva foi de 20,2 mm, 13,95% do esperado de 144,8 mm. Paranaíba registrou 39,2 mm, 13,03% do esperado de 300,9 mm. E Cassilândia com 36,6 mm de volume de chuva, 12,11% do estimado de 302,3 mm.

Coxim ficou com o menor percentual de chuva nessa primeira semana. O volume registrado foi de 0,4 mm, 0,16% do esperado de 248,8 mm. Seguido de Corumbá, com 0,69% do esperado, registrando 1mm de chuva, a estimativa é que até o fim do mês esse volume chegue a 145,4 mm.

Em Aquidauana, o volume de chuva registrado foi de 1,8 mm, 0,91% do esperado para o mês de 197,5 mm. E Miranda com 3,4mm de chuva, que representa 1,80% do estimado de 188,4 mm até o fim de janeiro.

Chapadão do Sul, Costa Rica, Porto Murtinho e Sonora não tiveram registros, pois o pluviômetro – aparelho que mede o volume de precipitação pluvial – apresentou problemas.

Jornal Midiamax