Cotidiano

Mais uma vez: salário atrasa e enfermagem mobiliza paralisação na Santa Casa

Secretário de Finanças confirma repasse para esta quinta-feira

Midiamax Publicado em 08/06/2017, às 12h35

None

Secretário de Finanças confirma repasse para esta quinta-feira

Funcionários do setor de enfermagem da Santa Casa de Misericórdia de Campo Grande ameaçam paralisar as atividades por falta de pagamento. O presidente do Siems (Sindicato dos Trabalhadores na Área de Enfermagem de Mato Grosso do Sul), Lázaro Santana, observa que problema é recorrente e que a categoria está “cansada”.

“Estamos cansados. Todo mês é a mesma coisa. Atrasam os nossos salários porque a Prefeitura não fez o repasse. Não vamos mais ficar esperando. Faremos assembleia hoje à tarde e votaremos pela paralisação”, declara.

A paralisação será discutida em assembleia marcada para às 12h30 desta quinta-feira (8). O presidente do Siems antecipa que caso o pagamento não seja depositado até o fim do dia, o setor de enfermagem fará paralisação das atividades a partir das 6 horas desta sexta-feira (9).

De acordo com as informações do Siems, 70% dos 1,4 mil funcionários de enfermagem podem cruzar os braços.

A informação sobre atraso no repasse é confirmada pela assessoria de comunicação do hospital. Até o momento não há previsão de pagamento e mais de 3 mil funcionários estão sem receber.

Questionado a respeito da situação, o secretário Municipal de Fazenda, Orçamento e Finanças, Pedro Pedrossian Neto, garante que o repasse será efetuado ainda nesta quinta-feira. Já a assessoria de comunicação da Prefeitura diz que o prazo é até amanhã.

(Matéria editada às 10h23 para acréscimo de informação).

Jornal Midiamax