Lavanderia corta serviços e postos de saúde da Capital pedem ajuda a hospitais

Hospital Universitário e Santa Casa estão 'ajudando' 
| 24/04/2017
- 18:38
Lavanderia corta serviços e postos de saúde da Capital pedem ajuda a hospitais

Hospital Universitário e Santa Casa estão ‘ajudando’ 

A rede pública de saúde em Campo Grande enfrenta dificuldades, inclusive a falta de contrato com uma lavanderia para higienizar lençóis e roupas usadas por profissionais da saúde. Desde o ano passado a Santa Casa e o hospital Universitário estão ajudando com a limpeza. Servidores alertaram que há mais de 100 sacos de roupa suja nas unidades de saúde.  

O contrato com a lavanderia foi rompido em fevereiro do ano passado e para não ficar sem a lavagem dos materiais, o município recorreu aos dois hospitais que possuem contratos com a prefeitura. A situação justifica a ausência de lençóis nos postos de saúde: pacientes são colocados em macas sem forro e precisam, em alguns casos, levar de casa o próprio material, conforme denúncia publicada pelo jornal Midiamax em fevereiro deste ano.

A gestão municipal de saúde informou que iniciou um processo para contratação de uma empresa para fazer esse serviço e que o processo está “em vias de vias de tramite burocrático” e que também está adquirindo periodicamente lençóis descartáveis. Contudo, o “município continua contando com a colaboração de parceiros”.

A Associação Beneficente de Campo Grande, mantenedora da Santa Casa, esclareceu que não existe compensação, trata-se de “um favor feito pelo hospital”. A parceria, no entanto, é questionada pela instituição, que indicou a falta de compensação para o serviço prestado de graça ao município gera despesas financeiras.

Somente entre dezembro do ano passado e fevereiro de 2017 foram lavados mais de 2 mil quilos de enxovais sujos; 911,78 kg do hospital da mulher, localizado na região das Moreninhas, e 1185 kg para o SAMU (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência).

A Santa Casa comunicou ainda que devido à alta demanda, parte da ‘cortesia’ foi interrompida e desde a segunda quinzena há cerca de dois meses não são lavados os enxovais do hospital da Mulher. Para o SAMU, o hospital continua fornecendo o serviço, e em um mês foram lavados 395 kg dos enxovais.  

Veja também

Campo Grande recebe a turnê nacional das bandas Vazio e NervoChaos, nesta sexta-feira (01). Os...

Últimas notícias