Cotidiano

Idosa que teve corpo queimado em incêndio morreu na Santa Casa da Capital

Ficou 10 dias internada

Thatiana Melo Publicado em 30/01/2017, às 14h11

None
1a5d93b3-aa19-4e22-a122-37eacb33b235.jpg

Ficou 10 dias internada

A idosa, Ismaelita Gomes Batista, de 72 anos, que teve 60% do corpo queimado em um incêndio, no dia 20 de janeiro, em Campo Grande, morreu nesta segunda-feira (30), na Santa Casa da Capital.

De acordo com a assessoria de comunicação do hospital, a idosa permaneceu internada por dez dias no CTI (Centro de Terapia Intensiva) do hospital, sedada. Ela teve 60% do corpo queimado e morreu às 1h15 da madrugada desta segunda-feira (30).

Ismaelita morava com a filha, Jéssica Gomes Batista, 34 anos, que não resistiu e morreu na noite do dia 20, na Santa Casa. As duas moravam em uma vila de casas, na Rua 15 de Novembro, em Campo Grande. 

Segundo informações, Jéssica era deficiente intelectual e Ismaelita portadora da Doença de Parkinson. A cuidadora das vítimas havia acabado de sair da casa quando o incêndio começou.

O forro da casa era de madeira e apenas um cômodo da casa não foi atingido. O corpo de Jéssica, conforme testemunhas, estava em chamas e sem as roupas. A mãe ainda estava vestida, mas não conseguia se levantar devido à dificuldade de respirar.

Jornal Midiamax