Cotidiano

Homem de 36 anos morre sete dias após apresentar sintomas de gripe

Esta é a segunda morte por H3N2 desde o início do ano

Midiamax Publicado em 21/06/2017, às 11h39

None

Esta é a segunda morte por H3N2 desde o início do ano

Homem, de 36 anos, morreu sete dias após apresentar sintomas de gripe em Campo Grande. Conforme a assessoria de comunicação da SES (Secretaria de Estado de Saúde) o paciente tinha doença crônica, não informada, e estava internado no HU (Hospital Universitário) Maria Aparecida Pedrossian.

Segundo a assessoria de comunicação da SES, os sintomas surgiram no dia 30 de março. O paciente morreu no dia 7 de abril, no entanto, o diagnóstico foi tardio e apresentado apenas no último boletim epidemiológico.

Mortes por gripe –Homem de 36 anos morre sete dias após apresentar sintomas de gripe

Três mortes por gripe foram registradas de janeiro a junho de 2017. Os óbitos foram confirmados aleatoriamente, conforme as informações eram repassadas para a Secretaria de Estado de Saúde.

A primeira morte, de acordo com a data de confirmação dos óbitos, só foi informada no último boletim epidemiológico, porém, outras duas mortes que ocorreram posteriormente foram informadas antes.

As vítimas confirmadas em boletins epidemiológicos anteriores são uma bebê de 1 ano, diagnosticada com H2N3, uma mulher, de 40 anos, com influenza A não subtipado. Elas começaram a apresentar os sintomas no dia 26 de abril e morreram quatro dias depois, em 30 de abril.

Balanço –

Último boletim epidemiológico divulgado pela SES (Secretaria de Estado de Saúde) mostra que o número de casos confirmados de H3N2 subiu para 52 em Mato Grosso do Sul, desde o início do ano.

Até o penúltimo boletim eram 48 resultados positivos de H2N3, dois de influenza A não subtipado e quatro de influenza B. O último registro revela 391 notificações de Síndrome Respiratória Aguda, no entanto, não há nenhum caso de H1N1.

Jornal Midiamax