Há 10 anos no mesmo ponto, pipoqueiro tem carrinho destruído pelo fogo

Vazamento de gás é provável causa
| 24/04/2017
- 23:46
Há 10 anos no mesmo ponto, pipoqueiro tem carrinho destruído pelo fogo

Vazamento de gás é provável causa

Foram 10 anos de trabalho na esquina da Avenida Afonso Pena com a Rua 13 de Maio e em poucos minutos tudo foi destruído. O carrinho de pipoca do qual Leandro Figueiredo, de 56 anos, tirava seu sustento foi tomado pelo fogo na tarde desta segunda-feira (24). Segundo o Corpo de Bombeiros, um vazamento de gás foi a causa do

Vender pipocas era a rotina de Leandro, que trabalhava no mesmo local de manhã e a tarde, de segunda a sábado. “Foi tudo muito rápido, quando vi, já estava tomando conta. Não teve o que fazer”, lamenta o pipoqueiro.

O Corpo de Bombeiros foi acionado e esteve no local para conter o incêndio. Conforme informado à reportagem, o vazamento deve ter começado na mangueira de gás, que estava muito próxima ao fogareiro. O acúmulo da substância causou o fogo, que se alastrou pelo carrinho. Não houve vítimas.

Uma policial militar à paisana que estava no local quando o acidente aconteceu ajudou nos primeiros socorros. Em seguida, uma viatura da PM (Polícia Militar)  que também estava na região ajudou no isolamento da área, inclusive interditando, por alguns minutos, uma das vias da rua 13 de Maio. De acordo com um dos policiais, o incêndio não foi maior ‘por causa do vendo que estava, que estava no sentido contrário dos botijões”. 

Um dos pipoqueiros mais tradicionais de Campo Grande, enfrentará dificuldades sem seu carrinho de pipocas. “Era minha única fonte de renda e do jeito que ficou, não tem como reformar”, lamenta o pipoqueiro, que agora ficará sem sustento. Quem desejar ajudar, pode entrar em contato com Leandro pelo telefone 99228-8177.

Veja também

Vagas para área da saúde são para candidatos de nível médio e superior

Últimas notícias