Cotidiano

Funesp retoma atividades do projeto Lazer e Cidadania neste sábado na Capital

Serão mais de 30 oficinas em parques e praças

Ana Paula Chuva Publicado em 27/07/2017, às 20h02

None

Serão mais de 30 oficinas em parques e praças

O projeto Lazer e Cidadania da Funesp (Fundação Municipal de Esportes) retoma suas atividades neste sábado (29) no Parque Ayrton Senna, localizado no Conjunto Aero Rancho, em Campo Grande. O evento terá início às 14h, e serão apresentados os novos professores que estarão desenvolvendo oficinas nos parques e praças da Capital.Funesp retoma atividades do projeto Lazer e Cidadania neste sábado na Capital

De acordo com as informações, entre as atividades programadas para este sábado estão oficinas de futsal, oficinas de futsal, academia de musculação, aula de ciclismo, basquete, futsal e vôlei, além de capoeira, beach tênis, futebol, yoga e aulão de ginástica. 

Um panorama com as novas atividades será apresentado. De acordo com Funesp, serão mais de 30 oficinas em 11 locais. A ação de sábado marca o retorno das atividades para o segundo semestre, a oficialização do Projeto Lazer e Cidadania e a assinatura do decreto que cria o Grupo Gestor do Ayrton Senna, o que reforça o compromisso de todos com o equipamento esportivo”, disse Rodrigo Terra, diretor-presidente da fundação.

Será feito, também, o lançamento oficial do projeto que teve início em março de 2017 e já registrou mais de 20 mil atendimentos, além da assinatura do Decreto que criou o Grupo Gestor do Parque Ayrton Senna.

Segundo a prefeitura, o objetivo do projeto é democratizar o acesso às práticas do lazer e seus diferentes conteúdos culturais a todos os cidadãos, por meio de ações educativas na perspectiva da inclusão social e da cidadania.

Os locais onde serão realizadas as atividades são: Parque Jacques da Luz, Parque Olímpico Ayrton Senna, Centro Olímpico Rui Jorge da Cunha, Parque Tarsila do Amaral, Parque Ecológico do Sóter, Centro de Formação de Atletas, Praça Esportiva Elias Gadia, Praça Esportiva Belmar Fidalgo, Ginásio Guanandizão e Orla Morena.

Jornal Midiamax