Família faz campanha para tratamento na Tailândia de garotinha de 5 anos

Duda tem distrofia muscular e mora em Coxim
| 11/07/2017
- 16:10
Família faz campanha para tratamento na Tailândia de garotinha de 5 anos

Duda tem distrofia muscular e mora em Coxim

Uma família de Mato Grosso do Sul está realizando uma ‘vaquinha virtual’ para arrecadar R$ 150 mil para o tratamento experimental na Tailândia de uma menininha de 5 anos. Maria Eduarda, ou Duda como é chamada nasceu com distrofia muscular congênita e mora em Coxim – cidade a 253 quilômetros de Campo Grande.

Família faz campanha para tratamento na Tailândia de garotinha de 5 anos

Portela conta que há cerca de dez dias, eles estiveram na Capital por conta do tratamento e após um exame, a médica falou do tratamento experimental na Tailândia. O procedimento custa US$ 29.600 e ainda são necessários exames complementares e o translado. Para fazer o tratamento, Duda tem que permanecer pelo menos 30 dias na Tailândia.

Duda nasceu de 6 meses e por conta da distrofia muscular, não tem firmeza nos membros. “Ela é super inteligente. Estuda, conversa e interage com as pessoas, mas não anda e não tem firmeza no corpo. Ela não consegue levantar os bracinhos, firmar a cabeça”, explica Portela. O procedimento além de qualidade de vida é necessário pois, Duda dorme conectada a aparelhos.

A distrofia muscular congênita é um distúrbio hereditário em que a fraqueza muscular está presente ao nascimento. As principais características clínicas são hipotonia, atrofia, retrações musculares e fraqueza muscular nas porções proximais dos membros e nos músculos do pescoço, mandíbula e face.

As doações podem ser feitas pela internet no site Vakinha ou na conta da família: Caixa Econômica Federal – Conta poupança Agência: 1107 Operação: 013 Conta: 00039721-7 Maria Rita Portela de Souza.

Veja também

Concurso também conta com cadastro reserva de nível fundamental ao superior

Últimas notícias