Cotidiano

Estudo da Sesau aponta que 80% dos focos de Aedes estão dentro das casas

Pneus estão na liderança do ranking

Wendy Tonhati Publicado em 22/11/2017, às 15h23

None

Pneus estão na liderança do ranking

Dados de relatório da Coordenadoria de Controle de Endemias Vetoriais da Sesau (Secretaria Municipal de Saúde) apontam que 80% dos focos do mosquito Aedes aegipty foram encontrados dentro das casas na Capital. Os números foram levantados com base no LiRaa (Levantamento Rápido do Índice de Infestação por Aedes aegypti).

Os locais onde os focos mais foram encontrados são caixas d’água, vasos de planta, piscinas, bebedouros de animais e, principalmente, os pneus.

Estudo da Sesau aponta que 80% dos focos de Aedes estão dentro das casas

A lista de criadouros em potencial segue com baldes e tambores, com predominância de 9,50% dos focos, seguidos de: caixa d’água (7,43%); vaso de planta (6,83%); vaso sanitário (4,75%); piscina (4,55%); latas (3,76%); lona plástica e ralo (3,37%), bebedouros de animais (3,27%), entre outros. 

Conforme a Sesau, o número de casos notificados das doenças relacionadas ao Aedes (Dengue, Zika e Chikungunya) caiu em relação ao ano passado. A orientação da Sesau é que as pessoas se mantenham vigilantes com as chuvas que podem favorecer a proliferação do mosquito.

Jornal Midiamax