Cotidiano

Confira as manchetes desta terça-feira dos principais jornais do país

Governo investiga cartel no metrô em 7 Estados e no DF

Richelieu Pereira Publicado em 19/12/2017, às 10h14

None

Governo investiga cartel no metrô em 7 Estados e no DF

O GLOBO

– Governo investiga cartel no metrô em 7 Estados e no DF

Com base em informações da empreiteira Camargo Corrêa, o Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) abriu processo para investigar cartel formado por 19 construtoras para obras do metrô em sete estados e no Distrito Federal. A investigação envolve 21 licitações realizadas durante 16 anos em estados como Rio, São Paulo e Minas.

– STF põe Adriana em casa

De uma só vez, o STF mandou Adriana Ancelmo de volta à prisão domiciliar, rejeitou a denúncia contra 4 parlamentares, soltou empresário envolvido na Lava-Jato e suspendeu inquérito sobre Beto Richa, governador do Paraná.

– Justiça mantém reajuste em 2018

Liminar do ministro Ricardo Lewandowski, do STF, mantém o reajuste dos servidores, antes adiado para 2019, e suspende o aumento da contribuição previdenciária. O governo vai recorrer da decisão, que tem custo de R$ 6,6 bi.

FOLHA DE S.PAULO

– Odebrecht confessa cartel durante gestão tucana em SP

Documentos entregues pela Odebrecht à Superintendência-Geral do Cade (Conselho Administrativo de Defesa Econômica) apontam a formação de cartel no Rodoanel e no Programa de Desenvolvimento do Sistema Viário Estratégico Metropolitano de São Paulo.

– Marcelo deixa a prisão em Curitiba e mira ex-aliados

O empresário Marcelo Odebrecht deixa a prisão hoje após ficar dois anos e meio detido em Curitiba, com três ideias fixas, segundo interlocutores ouvidos pela reportagem: acha que faltam delatores no acordo que o grupo assinou, avalia que seu pai, Emilio Odebrecht, e aliados foram beneficiados nas negociações e está convencido de que foi injustiçado.

– Alta salarial para servidor é mantida por Lewandowski

O ministro Ricardo Lewandowski, do Supremo Tribunal Federal (STF), suspendeu nesta segunda-feira (18) a medida provisória editada em outubro pelo presidente Michel Temer que adiava para 2019 o reajuste dos servidores públicos federais previsto para janeiro de 2018.

O ESTADO DE S.PAULO

– Empreiteira aponta cartel no metrô de 7 Estados e DF

A Camargo Corrêa relatou ao Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) a existência de cartel de empresas que nos últimos 16 anos fraudou pelo menos 21 grandes licitações para obras metroviárias em sete Estados e no Distrito Federal. De acordo com a empreiteira, as empresas dividiram mercados e combinaram estratégias em SP, RJ, MG, BA, PR, CE e RS, além do DF.

– Deportação de brasileiros da Europa sobe 37% com a crise

No primeiro semestre deste ano, 3,1 mil brasileiros ilegais foram deportados da Europa, ante 2,3 mil no mesmo período do ano passado. O dado coloca o Brasil entre os dez países com o maior número de expulsões, de acordo com a Agência de Fronteiras.

– Alckmin só terá apoio se for da base, diz Meirelles

O ministro Henrique Meirelles (Fazenda) disse ontem, em entrevista ao programa Conexão Estadão, na Rádio Eldorado, que, para alguém ser apoiado pelo governo, “precisa ser parte da estrutura de apoio”. “É uma posição interessante, para dizer o mínimo, estar fora do governo por questões eleitorais, mas querer apoio na eleição”, afirmou, sobre o governador tucano Geraldo Alckmin.

Jornal Midiamax