Cotidiano

Confira as manchetes desta quarta-feira dos principais jornais do País

Articulações de Temer para aprovar reforma da Previdência é destaque

Richelieu Pereira Publicado em 22/11/2017, às 10h16

None

Articulações de Temer para aprovar reforma da Previdência é destaque

O GLOBO

– Dodge pede que Picciani, preso pela 2ª vez, não saia de novo

A PGR (Procuradoria-Geral da República) entrou com ação no STF (Supremo Tribunal Federal) contra a decisão da Alerj (Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro) que revogou a prisão de caciques do PMDB no Estado e disse que o Rio é “terra sem lei”.

– UPP modelo vira bunker de policiais

Policiais militares precisam de escolta para chegar à Unidade de Polícia Pacificadora na Cidade de Deus, que virou uma base fortificada. Onde os agentes ficam encurralados pelo tráfico, que tomou o poder na área.

– Previdência atual beneficia mais os ricos

O Banco Mundial concluiu que o governo brasileiro gasta mal e mais do que deve, além disso, beneficia os mais privilegiados do País. Segundo levantamento do BM, o atual sistema é injusto, porque 35% do volume de recursos vão para os 20% mais ricos, enquanto 18% dos subsídios vão para os 40% mais pobres.

FOLHA DE S.PAULO

– Temer tenta nova cartada para mudar as aposentadorias

Após quase um ano de negociações com o Congresso, o presidente Michel Temer faz nesta quarta (22) mais um esforço para aprovar a reforma da Previdência em dezembro. Temer reúne, em jantar no Palácio da Alvorada, parlamentares da base para apresentar a nova versão do texto.

– Tribunal põe na cadeia, de novo, Picciani e mais 2 no Rio

O TRF2 (Tribunal Regional Federal da 2ª Região) determinou o retorno dos deputados peemedebistas Jorge Picciani, presidente da Alerj (Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro), Paulo Melo e Edson Albertassi à prisão. Por 5 votos a 0, os desembargadores decidiram por reestabecer imediatamente a prisão dos parlamentares, que haviam sido libertados sem que a decisão tivesse sido comunicada oficialmente ao tribunal.

– Mantido em sigilo, ataque hacker afetou 57 milhões de contas do Uber

Hackers roubaram dados pessoais de 57 milhões de usuários e motoristas do Uber em um ataque massivo ocorrido em 2016. O Uber admitiu na terça-feira (21) que sabia do ataque e que omitiu esta informação por um ano. As informações são relatadas em post publicado no blog da empresa e assinado pelo novo CEO, Dara Khosrowshahi.

O ESTADO DE S.PAULO

– Banco Mundial propõe ao Brasil um choque liberal na economia

O Banco Mundial fez um retrato do Brasil: um País que gasta muito e mal e que terá de fazer escolhas duras para ajustar suas contas. A instituição divulgou um estudo para propor medidas que reduzissem os gastos do setor público. As propostas vão desde o congelamento do salário dos servidores ao fim do ensino superior gratuito.

– Mudanças não garantem aprovação da Previdência

O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), disse na terça-feira (21) que o governo está “muito longe” de ter os 308 votos necessários na Casa para aprovar a reforma da Previdência. Este é o número mínimo para aprovar uma proposta de emenda à Constituição.

– Mugabe deixa o poder após 37 anos

Robert Mugabe renunciou como presidente do Zimbábue, disse um porta-voz do Parlamento nesta terça-feira (21), colocando fim aos seus 37 anos no poder. O político de 93 anos tentava se manter no posto há uma semana, desde que o Exército assumiu o controle do país.

Jornal Midiamax