Cotidiano

Bombeiros realizam desafio onde técnica e força são fundamentais

Evento encerrou Semana Nacional do Bombeiro na Capital

Midiamax Publicado em 09/07/2017, às 19h48

None

Evento encerrou Semana Nacional do Bombeiro na Capital

Eles precisam transpor obstáculos todos os dias em prol de salvar vidas. Desta vez, no entanto, integrantes do 6º Grupamento de Bombeiros Militar de Campo Grande desafiaram os próprios limites em circuito que exigiu “força bruta” e estratégia no Parque das Nações Indígenas.

Treinando há três anos, o cabo Tibério Francisco Rocha relatou que os dez anos de profissão o adaptaram para enfrentar sete provas que incluíram confecção de nós, levantamento de peso, corte de tora com machado, dentre outros. Sua finalização ocorreu em cinco minutos.

Doze profissionais do grupamento, conforme o major André Rufato, foram inscritos no evento. Somente cinco receberam prêmios com valores entre R$ 1 mil e R$ 100. A atividade encerrou ciclo de ações alusivas à Semana Nacional do Bombeiro, iniciada em 2 de julho.

Sobre as provas, imagine arrastar uma mangueira calibrada com água que soma 40 quilos ou deslocar a marretadas por 1,5 metros estrutura de 75 quilos. Bombeiros ainda levaram pneu de 100 quilos por 20 metros e percorreram outros 30 metros com dois galões de 20 litros.

Foram classificados na segunda e terceira colocações, respectivamente, os soldados Vinícius Lael Moreira Maciel e Rodrigo Bruno Andrade. Quarta e quinta ficaram com Franklin Ortiz de Souza e Victor Hugo Bernardo Medina.

Ao avaliar o resultado da prova, Rufato ressaltou que os militares são moldados pelo uso de técnicas que potencializam uso inteligente da força física. As provas do desafio, inclusive, são inerentes a atividade dos bombeiros no dia a dia.

Jornal Midiamax