Após chuva de 159 mm, Prefeitura diz que 200 homens fazem reparos

Trabalhos não serão interrompidos no feriado
| 20/04/2017
- 23:07
Após chuva de 159 mm, Prefeitura diz que 200 homens fazem reparos

Trabalhos não serão interrompidos no feriado

Os 150 milímetros de que alagaram a região Sul de Campo Grande causaram danos em diversos bairros, como Moreninhas, Jardim Canguru e Mário Covas. Para consertar os estragos a Prefeitura de Campo Grande anunciou o início de uma força-tarefa, com aproximadamente 200 trabalhadores, além de máquinas de caminhões. 

A Prefeitura informou que os serviços continuarão durante o feriado e o final de semana, salvo se chover. Já nesta quinta-feira os trabalhos de limpeza e desobstrução de bocas de lobo foram iniciados. 

A força da enxurrada arrastou blocos inteiros de asfalto, tampas de poços de visita, grelhas de bocas de lobo, além de provocar o  afundamento de pista. Crateras formaram-se às margens da Avenida Gury Marques, no Bairro Cidade Morena, pois a tubulação de drenagem foi levada pela chuva.

O secretário Rude Fiorese, acompanhado de engenheiros da Sisep (Secretaria de Infraestrutura e Serviços Públicos), visitou os pontos críticos para uma avaliação inicial dos estragos. Equipes da empreiteira que atuam no serviço de tapa-buraco iniciaram os trabalhos para desobstruir o tráfego no trecho final da Rua Fraiburgo, na manhã desta quarta.

Segundo a Prefeitura anunciou, assim que houver pelo menos três dias de estiagem a pavimentação da rua Fraiburgo será refeita. Enquanto isto, segundo Edvaldo Aquino, chefe da Divisão de Manutenção de Vias, será feito um serviço emergencial para garantir plenas condições de tráfego. Sobre a base do pavimento removido, será aplicado um revestimento primário (com o uso de bica corrida). “Enquanto o solo estiver úmido não há como aplicar massa asfáltico e garantir durabilidade do pavimento”, explica.

A enxurrada também arrastou parte do pavimento na Rua Minas Novas, outro acesso às Moreninhas, inclusive um trecho onde há 60 dias foi feito o tapa-buraco. A chuva também danificou o asfalto na Rua Palmácia  esquina com a Rua Mariate.

A chuva também provocou estragos em trechos da Avenida Gury Marques. Na altura da Vila Cidade Morena, a avenida ficou interditada durante boa parte da chuva. A enxurrada destruiu parte da tubulação de drenagem e abriu uma cratera que terá de ser fechada o mais rápido possível para não avançar e colocar em risco a pista.

A solução dependerá da retomada das obras de drenagem e controle de enchentes na vila  Cidade Morena, iniciadas em 2012 e interrompidas desde 2014. A tubulação, junto com as bocas de lobo, já foram implantadas numa  parte do bairro, mas não pode ser conectada porque falta fazer a drenagem no trecho antes de desaguar no Córrego Gameleira, que atravessa a  Gury Marques. O projeto foi orçado em R$ 3,2 milhões, mas as planilhas terão de ser atualizadas, porque são valores calculados em 2014.

Veja também

Corpo de Bombeiros foi acionado para um incêndio de grandes proporções em vegetação de um...

Últimas notícias