Cotidiano

16ª Parada da diversidade na Capital ressalta luta contra homofobia nesse sábado

São esperadas 15 mil pessoas

Midiamax Publicado em 22/11/2017, às 16h11

None

São esperadas 15 mil pessoas

A Parada da cidadania LGBT (lésbicas, gays, bissexuais, travestis e transexuais) chega a sua 16ª edição em Campo Grande nesse sábado (25),  a partir das 8 horas, na Praça Ary Coelho. Mostrar a solidariedade e provocar consciência contra a homofobia são alguns dos objetivos da tradicional marcha.

Considerado um dos maiores eventos em prol da diversidade sexual do mundo, a parada desfila pelas ruas da Capital com o tema “Não há cura para o que não é doença” a partir das 16 horas.  São esperadas 15 mil pessoas. 
O desfile passa pelas ruas  14 de Julho, Cândido Mariano, 13 de Maio e Barão do Rio Branco, até chegar na Praça do Rádio Clube. No local está previsto o Show da Diversidade, entre as 18 horas e 22 horas.

Como parte das atividades alusivas ao evento acontece, na madrugada desta quarta para quinta-feira, a 1ª Blitz Cidadã. A ação irá abranger os profissionais do sexo nas ruas da cidade com informativos e orientações relativas à saúde e proteção à violência.

De acordo com a coordenadora Municipal de Políticas e Assuntos de Diversidade Sexual, Cristiane Stefanny Vidal Venceslau, neste ano, a organização decidiu usar o tema Não há cura para o que não é doença para chamar a atenção da população considerando que homossexualidade, a transexualidade e travestilidade não devem ser tratadas como distúrbio ou doença.

Jornal Midiamax