Cotidiano

VÍDEO: com parque fechado há cinco meses, vizinhos reclamam de limpeza para culto

Parque era fechado com cadeado

Thatiana Melo Publicado em 27/02/2016, às 21h18

None
parque.jpg

Parque era fechado com cadeado

O parque CEA (Centro de Educação Ambiental Leonor Reginato Santini) Polonês localizado na Rua Corveta, no Bairro Carandá Bosque, virou motivo de briga neste sábado (27), pelos moradores da região que afirmam que o parque que seria para a população utilizar virou palco de cultos.

De acordo com relatos de alguns moradores, que não quiseram se identificar, o parque que seria para estudos ambientais, usados por alunos, está fechado há 5 meses. Várias reclamações foram feitas para a Prefeitura sobre o mato alto e a sujeira do local, que não recebia limpeza.

“Pior que é um parque ambiental, com mato alto e sujeira. A Prefeitura não dá exemplo”,fala um radialista, de 43 anos. Segundo os moradores, na quinta-feira (25) e na sexta-feira (26) um ônibus da Prefeitura teria ido até o local para fazer a limpeza do local.

Muitos acharam que o parque voltaria a ser aberto, mas segundo eles a limpeza foi feita para a realização de um culto da Igreja Adventista. De acordo com uma moradora, o parque fica fechado, com cadeados, mas no anoa passado na mesma época a situação foi a mesma. O parque foi limpo para um culto e depois fechado novamente.

A equipe de reportagem do Jornal Midiamax entrou em contato com a Igreja Adventista Central de Campo Grande para saber sobre o evento, mas foi informado que não havia ninguém para passar a informação.

Já em contato com a Prefeitura da Capital para saber se há uma autorização para este tipo de evento, não obtivemos resposta até o fechamento da matéria.

Veja o vídeo aqui

Jornal Midiamax