Cotidiano

Rompimento em tubulação de drenagem provocou cratera no Nova Lima

Buraco de cinco metros continua aberto

Midiamax Publicado em 24/10/2016, às 13h19

None
065f7207-ed77-4358-a534-172fa3254c6b.jpg

Buraco de cinco metros continua aberto

A assessoria de comunicação da Águas Guariroba afirma que o rompimento na tubulação de drenagem provocou a cratera formada durante o temporal desse domingo (23),  no cruzamento da ruas Jerônimo de Albuquerque e Santo Inácio de Loiola, no Nova Lima, na região norte de Campo Grande.

O rompimento atingiu a rede de esgoto da concessionária, responsável pela distribuição de água na Capital. A equipe técnica da empresa foi ao local para realizar o reparo. Já as demais providências, conforme a assessoria de comunicação da Águas Guariroba, seriam de responsabilidade da Prefeitura.

Na manhã desta segunda-feira (24), a equipe de reportagem do Jornal Midiamax esteve no local e constatou que o buraco continua aberto. De acordo com o coordenador da Defesa Civil, Walmir Barbosa Lima, a cratera tem 1,20 metro de profundidade, e 3,5 metros de largura e 5 metros de comprimento. 

Segundo moradores, ontem, equipes da Defesa Civil, Corpo de Bombeiros, Águas Guariroba e Agetran (Agência Municipal de Transporte e Trânsito) estiveram no local. A equipe de reportagem do Jornal Midiamax entrou em contato com a assessoria de comunicação da Prefeitura para saber quando o problema será solucionado, porém, até o fechamento deste texto, não obteve resposta. 

Matéria divulgada no site da Prefeitura diz que nesta manhã o Prefeito de Campo Grande, Alcides Bernal (PP), e determinou que equipes da Seinthra (Secretaria Municipal de Infraestrutura, Transporte e Habitação) realizem o trabalho de recuperação.Rompimento em tubulação de drenagem provocou cratera no Nova Lima

Estragos

A chuva do domingo causou estragos em diversas regiões de Campo Grande. Na Avenida Júlio de Castilho uma árvore caiu em cima de um poste e deixou moradores sem energia.

Na Cohab, a chuva provocou alagamentos em um trecho que, segundo moradores, é problemático há mais de 30 anos.

A Defesa Civil do município afirma ter sido acionada para três ocorrências, sendo a cratera no Nova Lima, uma queda de árvore e um trote.

Equipes do Corpo de Bombeiros atenderam cinco ocorrências de queda de árvores; um incêndio em transformador elétrico na Rua Dois de Março, no Taquarussu; alagamentos na Rua Tupininquim no Jardim Leblon e outro na Santo Inácio, no Bairro Santa Luzia, além da cratera no Nova Lima. 

Jornal Midiamax