Cotidiano

Psicólogos aprovados em concurso reclamam de contratações temporárias pela Prefeitura

Prefeitura afirma que contratações não afetarão aprovados

Midiamax Publicado em 21/10/2016, às 20h58

None
enem-redacao_0.jpg

Prefeitura afirma que contratações não afetarão aprovados

Aprovados em concurso para o cargo de Psicólogo na Prefeitura de Campo Grande reclamam de uma recente publicação para contratação de temporários. A assessoria de imprensa do Executivo afirma que se trata de uma seleção simplicada garantida com recursos federais, o que não interfere na chamada dos aprovados pelos próximos dois anos.

Uma das aprovadas, que preferiu não se identificar, informa que o concurso foi homologado no dia 30 de junho, no Diogrande, e que a contratação de três psicólogos temporários com contratos vigentes até o dia 31/07/2017 foi publicada no dia 20/10/2016.

Ela pontua que entrou em contato com a comissão de concursos da Prefeitura de Campo Grande e foi informada de os contratados utilizarão verbas federais. "Não podem chamar os concursados porque quando a verba acabar, não teriam como pagar o salário de um concursado", disse.

Os leitores acreditam que essas contratações, inclusive, recorrentes na Prefeitura de Campo Grande servem como "manobra" para não chamar os concursados.

"Estamos sendo diretamente prejudicados, tendo em vista que muitos estão sem conseguir trabalhar porque a qualquer momento podemos ser chamados no concurso. Não estamos pedindo um favor à Prefeitura em nos nomear, estamos reivindicando algo que conquistamos por nosso mérito. Estão preferindo contratados em detrimento de concursados", finalizou.

O Jornal Midiamax indagou a assessoria de imprensa da Prefeitura, que reiteirou que a contratação é temporária, e por isso não se pode chamar profissionais aprovados e concurso.

O executivo explicou que para este caso, foi feita seleção simplificada e que o recurso é do Ministério do Desenvolvimento Social e Agrário. Vale lembrar, que concurso é válido por dois anos, com possibilidade de prorrogação por mais dois anos.

WhatsApp: fale com os jornalistas do Midiamax

O leitor enviou as imagens ao WhatsApp do Jornal Midiamax no número (67) 9 9207-4330. O canal de comunicação serve para os leitores falarem com os jornalistas. Flagrantes inusitados, denúncias, reclamações e sugestões podem ser enviados com total sigilo garantido pela lei.

Jornal Midiamax