Cotidiano

Polícia Militar coloca equipe de inteligência para monitorar debate

A PM também colocou agentes não identificados

Midiamax Publicado em 16/09/2016, às 23h25

None
8ebce608-9246-4f83-b803-e97f0313a6ad.jpg

A PM também colocou agentes não identificados

A Polícia Militar (PM) estruturou uma operação para monitorar o debate dos candidatos a prefeitura da capital, que acontece no CREA-MS (Conselho Regional de Engenharia e Agronomia de Mato Grosso do Sul). Além de 6 policiais identificados, do lado de fora do auditório, a PM colocou uma equipe de inteligência, com agentes não identificados, dentro do local. O clima, no entanto, é de tranquilidade.

De acordo com o comandante da operação, Reinaldo Ferreira dos Santos, a população pode esperar uma noite calma. “O evento é seguro, as equipes estão fazendo policiamento, a prioridade é o trânsito e a segurança individual, dos cabos dos candidatos”, afirma.

Além dos policiais, uma equipe da guarda também está a caminho, além de seguranças particulares, que já estão no Crea. Quatro motocicletas e um furgão da polícia militar fazem parte da estrutura. A Agetran interditou 4 pontos nos arredores do auditório: são 8 agentes, em três viaturas, espalhados nos pontos fechados.

Debate

O debate do Jornal Midiamax do 1º turno das eleições municipais de 2016, que acontece nesta sexta-feira (16), reúne 11 candidatos a prefeito de Campo Grande, e é dividido em quatro blocos. O evento é transmitido em tempo real no Facebook, ao vivo no site do Midiamax, na TVE, TV Imaculada Conceição e ainda nas rádios Difusora Pantanal e Educativa FM 104.

Participam deste debate os candidatos que compareceram ou enviaram representantes ao chamamento para realização do evento. São eles, por ordem alfabética, Adalton Garcia (PRTB), Alcides Bernal (PP), Alex do PT, Aroldo Figueiró (PTN), Athayde Nery (PPS), Coronel David (PSC), Elizeu Amarilha (PSDC), Marcelo Bluma (PV), Marquinhos Trad (PSD), Rose Modesto (PSDB) e Suél Ferranti (PSTU).

Jornal Midiamax