Cotidiano

Parlamentares participam de inauguração de Fórum Trabalhista na Capital

40% maior que a anterior

Diego Alves Publicado em 19/11/2016, às 01h10

None
adrianofurtado181120162034.jpg

40% maior que a anterior

Os jurisdicionados que precisam da justiça trabalhista podem contar com uma nova estrutura na Capital. Nesta sexta-feira (18/11), foi inaugurada a sede própria do Fórum Trabalhista de Campo Grande, 40% maior que a anterior. A solenidade foi prestigiada pelo presidente da Assembleia Legislativa, deputado Junior Mochi (PMDB).

"Quando uma estrutura como esta é inaugurada, a população é beneficiada, fazendo valer os direitos dos cidadãos. Com este novo prédio também melhoram as condições de trabalho dos servidores, elevando a qualidade dos serviços prestados e o atendimento à população. Desta forma, melhora a distribuição da justiça em favor dos que mais precisam, justamente, os trabalhadores", comentou Junior Mochi.

O Fórum foi transferido para a rua Jornalista Belizário Lima, onde funcionava o edifício-sede do Tribunal Regional do Trabalho da 24ª Região (TRT/MS). O prédio passou por uma reforma para abrigar as sete Varas do Trabalho, onde diariamente circulam cerca de mil pessoas. Com a mudança, haverá uma economia de aluguel no valor de R$ 40 mil mensais. Os deputados Paulo Corrêa (PR) e Pedro Kemp (PT) também participaram da solenidade presidida pelo desembargador Nery Sá e Silva de Azambuja, presidente do TRT/MS.

A obra, que levou dez meses, custou R$ 17,3 milhões e deve garantir mais conforto para quem procura a Justiça do Trabalho, advogados, magistrados e servidores. As salas de espera, de audiências e as secretarias das varas são maiores. Conforme informações do Tribunal, se comparados os últimos cinco anos, a quantidade de processos recebidos foi 30% maior. Só até outubro deste ano, as Varas do Trabalho de Campo Grande receberam 10.400 novos processos e solucionaram 9.498.

Jornal Midiamax