Cotidiano

Ocupantes do elevador que ‘despencou’ na Santa Casa são liberados e passam bem

Eles receberem alta 30 minutos depois 

Clayton Neves Publicado em 07/09/2016, às 23h02

None
santa_casa_16.jpg

Eles receberem alta 30 minutos depois 

Depois de receber medicação e fazer exame de tomografia, os funcionários da Santa Casa de Campo Grande que sofreram um acidente no elevador da unidade na manhã desta quarta-feira (7), foram liberados e passam bem. Ao todo, sete pessoas estavam no elevador que 'despencou' do segundo andar e parou somente no térreo.

De acordo com a assessoria do Hospital, o atendimento foi apenas por questão de segurança, já que ambos saíram do elevador conscientes. “A tomografia não acusou nenhuma alteração. As vítimas falaram com um médico e cerca de trinta minutos depois foram liberadas”, informou a Santa Casa.

O Caso – Por volta das 7h30 sete funcionários levaram um susto. O elevador do segundo andar em que estavam teve um problema no sensor e só parou no solo

Duas pessoas foram encaminhadas para fazer tomografia, pois relataram ter batido a cabeça, e outras quatro ficaram na chamada ala verde, para pacientes que não apresentam riscos. O sétimo funcionário, segundo informado, não precisou de atendimento.

Todos saíram caminhando do elevador, depois de apertar a campainha e serem socorridos por colegas do 2º andar. 

De acordo com o que o hospital informou, é um elevador social, que não é utilizado para transportar pacientes. Conforme a informação prestada, a empresa responsável pela manutenção foi acionada para saber o que ocorreu.

O aparelho está interditado. Ao todo, a Santa Casa tem oito elevadores em seus andares. 

Jornal Midiamax