MS recebe R$ 1,9 milhão para combate ao Aedes aegypti e a microcefalia

O Estado teve 27 mil notificações em 2015, segundo ministério
| 15/01/2016
- 22:36
MS recebe R$ 1,9 milhão para combate ao Aedes aegypti e a microcefalia

O Estado teve 27 mil notificações em 2015, segundo ministério

O Governo Federal vai repassar R$ 500 milhões aos municípios para que intensifiquem as ações de combate ao Aedes aegypti e ao tratamento de crianças com microcefalia. Mato Grosso do Sul deve receber R$ 1,9 milhões a serem destruídos entre os 79 municípios.

Conforme publicação do Ministério da Saúde, ao todo serão R$ 1,27 bilhão destinado as ações de vigilância em saúde. A liberação do recurso foi sancionada nesta sexta-feira (15). A este montante será adicionado R$ 600 milhões destinados à Assistência Financeira Complementar da União para os Agentes de Combate às Endemias.

Já para intensificar as ações e medidas de vigilância, prevenção e controle da , febre chikungunya e , foram aprovados R$ 500 milhões extras, dos quais, R$ 143,7 milhões já foram liberados. A região Sudeste ficou com a maior parte do benefício, pouco mais de R$ 50 milhões, sendo R$ 19 só para o Estado de São Paulo.

O Nordeste vai receber R$ 44 milhões. Para o centro-oeste serão destinados R$ 11,6 milhões. MS recebe o segundo menor repasse, perdendo apenas para o Distrito Federal.

Ainda segundo o ministério, o recurso foi garantido em portaria publicada no dia 23 de dezembro do ano passado, mas só foi repassado no início desta semana. Ainda não há previsão para o restante do repasse e nem a quantidade que será destinada a cada região.

Veja também

Últimas notícias