Cotidiano

Moradores reclamam de tumulto no trânsito provocado por feira de relíquias

Organizadores alegam possuir alvará

Norberto Liberator Publicado em 07/05/2016, às 20h09

None
feira34874985234.jpg

Organizadores alegam possuir alvará

Moradores próximos a um bar na Rua 13 de junho e pessoas que precisaram passar com veículos pelo local reclamaram de tumulto no trânsito, neste sábado (7) devido a uma feira promovida pelo estabelecimento. O 262 Kustom Shop organizava o lançamento oficial do 2º Encontro de Relíquias de Aquidauana, uma feira que expõe veículos e objetos antigos.

Leitores do Jornal Midiamax enviaram queixas, dizendo que a rua estava sendo fechada. Um deles alegou ter ficado 20 minutos em um táxi porque não conseguia passar pela rua. Nossa equipe foi até o local, onde havia a presença de policiais. A polícia afirma que recebeu a informação de que o trânsito estava sendo fechado. Um carro Fiesta vermelho estava parado, impedindo a circulação de outros veículos.

O proprietário do estabelecimento, Thomaz Alves Correa, 37, afirma que a Agetran (Agência Municipal de Trânsito) permitiu que o evento fosse promovido, liberando uma das vias do local. A agência não se manifestou para explicar o motivo de não haver sinalização, após tentativa de contato do jornal por telefone. “Mostrei o alvará, eles pensaram que o carro que parou tinha a ver com o evento”, afirma Thomaz sobre a abordagem policial.

Rhobson Tavares de Lima, 39, um dos organizadores do Encontro de Relíquias, afirma que por haver outra pista fechada para obras em local próximo, o problema acaba aumentando. “Eles chegam lá, fecharam uma pista. Aí chegam aqui, também não conseguem”.

Ele também lembra que há problemas com moradores do prédio ao lado do 262 Kustom Shop. “Em Campo Grande, por ser capital, o pessoal é mais focado no negócio. Como o bar é do lado de um prédio com pessoas de alto poder aquisitivo, chega no fim de semana e eles não querem que a gente fique. Eles ligam toda hora, mas conseguimos alvará, liberaram uma pista”.

A feira

O evento Encontro de Relíquias acontece desde o ano passado, na cidade de Aquidauana, e reúne diversos colecionadores e amantes de apetrechos do passado. Há exposições de carros antigos, além de trocas e vendas de discos de vinil, utensílios militares, cartazes de shows e filmes, brinquedos e diversos tipos de objetos clássicos. A primeira edição contou com mais de 150 veículos antigos. A próxima deve ocorrer nos dias 3, 4 e 5 de junho.

Um dos expositores e proprietário da loja Coisa das Antigas, Erich Pontes, 42, revela a influência de programas televisivos para que tomasse a iniciativa de trabalhar com a área. “Comecei inspirado por programas como Caçadores de Relíquias e Trato Feito”. Erich expõe durante todos os segundos domingos do mês, na Praça Ary Coelho, a partir das 8h30 da manhã. Ele também explica como tem acesso aos apetrechos. "Para conseguir, é um garimpo geral de informação, indo a feiras ao redor do Brasil e também na internet".

(Sob supervisão de Marta Ferreira)

Jornal Midiamax