Cotidiano

Greve dos bancários chega ao 18° dia e desembargador suspende liminar

OAB entrou com ação para volta do expediente em 30% das agências

Wendy Tonhati Publicado em 23/09/2016, às 11h10

None
img-20151008-wa0038.jpg

OAB entrou com ação para volta do expediente em 30% das agências

A greve dos bancários completa 18 dias nesta sexta-feira (23). Na região da Capital, o Sindicato dos Bancários de Campo Grande e Região contabiliza 144 das 160 agências fechadas, totalizando 90% de adesão. A paralisação é nacional e comando de greve já considera esta a maior mobilização já feita pela categoria em número de agências fechadas no Brasil. 

Conforme o sindicato, as negociações com a Fenaban (Federação Nacional dos Bancos) estão emperradas e após, oito rodadas, não há nenhuma previsão de retomada das discussões.

Em Campo Grande, a OAB/MS (Ordem dos Advogados do Brasil Mato Grosso do Sul) entrou com Ação Civil Pública que determinava a volta do expediente, com pelo menos 30% do efetivo, nas unidades conveniadas com o Poder Público, para que os advogados cumprissem os mandados judiciais envolvendo pagamento e liberação de valores depositados em contas judiciais. 

Segundo o sindicato, o desembargador Federal do Trabalho, João de Deus Gomes de Souza, cassou a liminar concedida para OAB/MS. No despacho, o desembargador afirmou que a decisão em favor da Ordem dos Advogados foi proferida em desacordo com a Constituição e a legislação vigente, porque a OAB não detém legitimidade para a ação proposta. 

“O desembargador disse ainda que o movimento paredista deflagrado pelo Sindicato dos Bancários não diz respeito aos serviços elencados como serviços ou atividades essenciais, como também, da análise perfunctória, não há prova contundente de que a greve tenha se desencadeado de forma abusiva, encontrando-se dentro dos limites estabelecidos pela legislação que regulamenta o movimento paredista”, informou em nota.Greve dos bancários chega ao 18° dia e desembargador suspende liminar

O sindicato explica que a lei estabelece como essencial o serviço de compensação bancária, o que vem ocorrendo normalmente desde o primeiro dia de greve.

Doação de sangue

Os trabalhadores do Banco do Brasil, que estão em greve, vão nesta sexta, às 9 horas, realizar doação de sangue no Hemosul, em Campo Grande. Eles vão se cadastrar como doadores de medula óssea.

Jornal Midiamax