Cotidiano

Fazendeiro é multado por construir tanque de piscicultura em córrego sem autorização

Desmatamento foi realizado com uso de máquinas

Midiamax Publicado em 08/08/2016, às 20h48

None
unnamed.jpg

Desmatamento foi realizado com uso de máquinas

Um fazendeiro, de 55 anos, foi autuado administrativamente e recebeu multa de R$ 10 mil neste domingo (7), por degradar a nascente de um córrego em Camapuã, município a 135 quilômetros de Campo Grande. Sem autorização, ele tentou construir um tanque de psicultura.

Conforme a PMA (Polícia Militar Ambiental), ele também responderá por crime ambiental. Se condenado, poderá pegar pena de um a três anos de detenção. As atividades foram paralisadas.

O desmatamento foi realizado com uso de máquinas, derrubando as matas e degradando as nascentes de um córrego que corta a propriedade, para a construção de uma represa, tipo tanque de piscicultura, sem autorização do órgão ambiental competente.

O autuado também foi notificado a apresentar junto ao órgão ambiental um plano de recuperação da área degradada (PRADE), sendo dado um prazo de 60 dias para que fosse feita a recuperação da área destruída.

Jornal Midiamax