Cotidiano

Empresários esperam autorização para carreata no centro de Campo Grande

Agetran e PM devem acompanhar a ação

Renata Portela Publicado em 18/03/2016, às 12h02

None
img-20160318-wa0003.jpg

Agetran e PM devem acompanhar a ação

A partir do meio-dia desta sexta-feira (18), aproximadamente 50 veículos devem seguir em carreata pela Avenida Afonso Pena, como forma de protesto contra a atual situação política no Brasil. O sindicato que organiza a ação desde a noite de quinta-feira (17) aguarda autorização para poder fazer o protesto.

De acordo com o diretor do Setlog MS (Sindicato das Empresas de Transporte Rodoviário de Cargas do Estado de Mato Grosso do Sul), Gilberto Smozinski, os manifestantes aguardam posicionamento da Agetran (Agência Municipal de Transporte e Trânsito), BPTran (Batalhão da Polícia Militar de Trânsito) e PRF (Polícia Rodoviária Federal).

Segundo Gilberto, o grupo precisa de autorização para fazer a carreata. A intenção é de que ao menos 50 carretas sigam, a partir do meio-dia, da Cidade do Natal até a Praça Ary Coelho, onde famílias estão acampadas, darão a volta no quarteirão e retornarão aos altos da Avenida Afonso Pena, onde decidirão se farão novamente o percurso.

O grupo também pretende seguir para a rodovia, na saída para Três Lagoas, e aguarda autorização da PRF para isso. A confirmação deve sair às 10 horas e, segundo Gilberto, “Se não conseguirmos para hoje, vamos conseguir para amanhã e faremos a carreata no sábado”.

Jornal Midiamax