Cotidiano

Empresa usa tijolo para conter jato de água e vazamento continua

Medida de contenção é criticada por moradores

Midiamax Publicado em 16/09/2016, às 16h04

None
vazamento_de_agua_-_parque_do_lageado_2.jpg

Medida de contenção é criticada por moradores

Moradores da Rua Doutor Osvaldo dos Santos, no Parque do Lageado em Campo Grande, reclamam da medida adotada pela concessionária responsável pela distribuição de água, na manhã desta sexta-feira (16). A fim de conter um jato de água provocado pelo rompimento de um cano usado em uma ligação clandestina, técnicos da empresa colocaram um tijolo em cima do vazamento.

"Eles vieram aqui, fizeram várias fotos, colocaram o tijolo e foram embora sem falar nada", diz uma moradora que preferiu não se identificar. Na manhã de hoje uma matéria sobre o jato de água foi publicada no Jornal Midiamax.

Outra moradora, que também optou por sigilo, diz que o vazamento começou na última quarta-feira (14).  "Já tem dois dias que está vazando e o pior é que como é uma ligação clandestina, quem paga a conta somos nós", lamenta.

Depois da publicação da primeira matéria sobre o fato, a assessoria de comunicação da Águas Guariroba informou de que uma equipe iria ao local para solucionar o problema, o que segundo os moradores não ocorreu. "Eles só colocaram o tijolo, mas continua vazando. Tá um rio aqui. Se tirar esse tijolo, volta o jato de água", frisa.

A equipe de reportagem tentou falar novamente com a assessoria de comunicação da Águas Guariroba, mas até o momento não conseguiu retorno. 

WhatsApp: fale com os jornalistas 

O leitor enviou as imagens ao WhatsApp do Jornal Midiamax, no número (67) 9207-4330. O canal de comunicação serve para os leitores falarem com os jornalistas. Flagrantes inusitados, denúncias, reclamações e sugestões podem ser enviados com total anonimato garantido pela lei.

Jornal Midiamax