Cotidiano

Elevador que ‘despencou’ na Santa Casa deve ser liberado durante a tarde

Empresa está realizando manutenção

Wendy Tonhati Publicado em 08/09/2016, às 12h44

None
santa_casa_16.jpg

Empresa está realizando manutenção

A empresa responsável pela manutenção dos elevadores da Santa Casa de Campo Grande realiza, na manhã desta quinta-feira (8), uma vistoria e manutenção no equipamento. Por volta das 7h30 da quarta-feira (7), sete funcionários que estavam no elevador levaram um susto, no momento em que um sensor falhou e o elevador 'despencou'. A previsão do hospital é de que a liberação seja feita durante a tarde. 

A Santa Casa afirma que embora tenha havido falha em um sensor de parada do elevador, ele não caiu do segundo andar e atingiu o chão. A informação oficial é de que o equipamento passou 40 centímetros do último andar e atingiu as molas de segurança, ocasionando um 'chacoalho'. A falha no sensor pode ter sido provocada por um pico de energia. 

O hospital ainda garantiu que a manutenção do equipamento está em dia e que o sensor deve ser substituído. 

As sete pessoas que estavam no elevador saíram sem ferimentos, depois de apertar a campainha e serem socorridos por colegas do 2º andar. Eles passaram por tomografia e foram liberadas do hospital na quarta. OP hospital informou que o incidente aconteceu em um elevador social, que não é utilizado para transportar pacientes. 

Jornal Midiamax