Cotidiano

Dono de Lava Jato morre ao cair de cobertura de 7 metros de altura

Consertava um galpão

Diego Alves Publicado em 26/01/2016, às 22h55

None
10edf11d954ea680a6e9616c61bbe03f.jpg

Consertava um galpão

Silvano Augusto dos Santos, 37, morreu ao cair de um galpão de 7 metros de altura localizado em seu lava-jato na Rua Gardênia, no bairro Sol Nascente lava-jato  em Naviraí, cidade distante a 349 quilômetros de Campo Grande.

De acordo com a esposa de Silvano após uma forte ventania na tarde desta terça-feira (26), o marido subiu na cobertura do galpão para consertar um estrago causado pelo vento, quando caiu da altura de 7 metros, bateu com as costas, cabeça no chão e ficou desacordado.

O Corpo de Bombeiros foi acionado e encontraram Silvano com sangramentos pelo nariz e boca. Segundo o site Ta Na Mídia Naviraí, ele foi socorrido até a Santa Casa onde já chegou sem vida. O caso foi registrado na primeira delegacia da cidade como morte a esclarecer.

Jornal Midiamax