Cotidiano

Dona aparece e diz que gato encontrado no Santo Amaro é cego de nascença

Animal foi entregue para a proprietária 

Clayton Neves Publicado em 24/06/2016, às 17h54

None
img-20160613-wa0012.jpg

Animal foi entregue para a proprietária 

É de nascença a cegueira nos dois olhos do gato resgatado no último dia 13 na região do Bairro Santo Amaro, em Campo Grande. O animal foi resgatado pela professora de educação física, Patrícia Delmondes Cabral, de 41 anos, que a princípio, acreditou que os olhos do animal teriam sido arrancados.

De Acordo com Patrícia, nesta semana a dona do animal a procurou e disse que o gato estava desaparecido há três semanas e que o problema nos dois olhos era de nascença. “A distancia da casa da dona até onde eu o encontrei é bastante significativa, não sei como o gato sendo cego foi parar por lá, de qualquer forma entreguei o animal para a dona”, conta.

A professora explicou que embora não tenha muitos recursos, a proprietária do gato aparenta ter muito carinho com o animal. “Parece que ela gosta bastante do animal. Entreguei ele castrado e deixei algumas coisas para que ela possa cuidar melhor dele e vou continuar mantendo contato para dar suporte no que ela precisar”, conclui.

O gatinho apelidado de “Tico” por Patricia foi encontrado no dia 13 deste mês na região do Bairro Santo Amaro. Além da cegueira, ele estava com pus e sangue na região dos olhos.  

Jornal Midiamax