Bernal decreta situação de emergência em resposta à epidemia de dengue

Decisão foi publicada no Diogrande  
| 18/01/2016
- 16:39
Bernal decreta situação de emergência em resposta à epidemia de dengue

Decisão foi publicada no Diogrande

 

O prefeito de Campo Grande, Alcides Bernal (PP), declarou situação de emergência em resposta à epidemia de verificada no município. A decisão do executivo foi publicada nesta segunda-feira (18), no Diogrande (Diário Oficial de Campo Grande).

De acordo com o decreto, “fica declarada situação de emergência no município, em razão da anormal situação caracterizada como desastre biológico classificado e codificado como epidemia- doenças infecciosas virais (Dengue)”.

A decisão autoriza mobilização de todos os órgãos municipais, para atuarem sob a coordenação da Sesau (Secretaria Municipal de Saúde) em ações de resposta ao desastre, reabilitação do cenário e reconstrução. Segundo a publicação, a autoridade que se omitir em colaborar será devidamente responsabilizada.

Pelo decreto, os contratos de aquisição de bens necessários às atividades de resposta ao desastre, de prestação de serviços e de obras relacionadas com a reabilitação dos cenários dos desastres, ficam dispensados de licitação.

A Prefeitura já havia declarado 'estado de alerta' em razão da circulação do vírus Zica, consequente aumento da demanda por exames laboratoriais, consultas médicas, produtos e serviços de saúde, em especial a partir do quarto trimestre de 2015. A decisão também levou em consideração o expressivo número de consultas nas (UBS) Unidades Básicas de Saúde.

O decreto, assinado na última sexta-feira (15), entra em vigor a partir da publicação.

Dengue

O Governo Federal vai repassar R$ 500 milhões aos municípios para que intensifiquem as ações de combate ao e ao tratamento de crianças com microcefalia. Mato Grosso do Sul deve receber R$ 1,9 milhões a serem destruídos entre os 79 municípios.

Dados da Sesau revelam que em 2015 a Capital notificou 14.145 casos de Dengue, dos quais 4.013 foram confirmados. Apenas nas duas primeiras semanas de 2016 o número de notificações por dengue já chega quase 500 (455 até 12/01), somados a outras 86 de Zika e 18 de Chikungunya. (Texto sub supervisão de Ludyney Moura)

Veja também

A PMA (Polícia Militar Ambiental) e Bombeiros de Bonito resgatam anta de 250 kg ferida...

Últimas notícias