Cotidiano

BB fecha agência para reforma e deixa cidade inteira sem banco

Contratempo 'lotou' agência dos Correios 

Midiamax Publicado em 03/08/2016, às 20h04

None
img-20160803-wa0052.jpg

Contratempo 'lotou' agência dos Correios 

Uma reforma na única agência bancária de Dois Irmãos do Buriti, distante 106 quilômetros de Campo Grande, está causando transtornos para os moradores da cidade. 

Desde segunda-feira, dia 1º de agosto, o Banco do Brasil está com suas portas fechadas para reformas, deixando seus clientes sem alternativas para resolver seus compromissos bancários. 

A única opção para os moradores do município é uma agência dos Correios que não está preparada para receber o grande número de pessoas que necessitam de atendimento bancario. 

A analista judiciária Roberta Aparecida Ferreira informou que a agência dos Correios não tem condições de receber a quantidade de pessoas que necessitam de serviços bancários. Segundo ela “a população está sendo atendida por um único funcionário. Nem idoso e nem deficientes têm preferência. A espera chega a ser acima de duas horas”. 

Roberta reclama que a situação piora por conta da alteração do horário de atendimento. A agência que abria das 9 às 11:30 e das 13 as 15 horas, agora atende das 8 às 12 horas. 

A assessoria de imprensa do Banco do Brasil em Campo Grande informou que na sexta-feira, 29 de julho, foram afixados cartazes informando o fechamento da agência.

Segundo o banco informou em nota a reforma foi necessária pois a equipe de engenharia entendeu que havia riscos em continuar usando o prédio da forma como estava. A orientação dada aos clientes é utilizar o Banco Postal, nos Correios, as lotéricas, e os meios eletrônicos, como o internet banking.

Correios 

A agência dos Correios de Dois Irmãos do Buriti foi procurada pela reportagem e informou que o motivo da mudança no horário é o fato de haver somente um funcionário para realizar todo atendimento. 

Edicarlos, gerente da agência, informou que o atendimento prioritário está sendo feito na medida do possível. “Estou chamando duas senhas preferenciais e uma senha normal. Mas não estou dando conta por causa da fila extensa”, explica o gerente. 

A situação no início da manhã estava ainda mais caótica, pois o numerário (dinheiro em espécie) da agência dos Correios acabou ontem e o carro forte chegou apenas depois das 10 horas de hoje, 3.

WhatsApp: fale com os jornalistas do Midiamax

O leitor enviou as imagens ao WhatsApp do Jornal Midiamax no número (67) 9 9207-4330. O canal de comunicação serve para os leitores falarem com os jornalistas. Flagrantes inusitados, denúncias, reclamações e sugestões podem ser enviados com total sigilo garantido pela lei.

Jornal Midiamax