Cotidiano

Araras-canindé morrem eletrocutadas após encostarem em poste no Tijuca

PMA não pode atender ocorrência por envolver risco

Guilherme Cavalcante Publicado em 23/10/2016, às 00h21

None
whatsapp_image_2016-10-22_at_20.51.52.jpeg

PMA não pode atender ocorrência por envolver risco

Um casal de araras-canindé mortas foi encontrado por volta das 7h da manhã deste sábado (22). As aves teriam sido eletrocutadas após pousar num poste de energia localizado na Rua Cabo Verde, no bairro Tijuca, em Campo Grande. De acordo com uma testemunha, uma das araras estava na calçada e a outra ficou presa no poste.

"Estava saindo de casa e tirei essa foto. Uma estava durinha no chão, até com os pés para cima e a outra assim como está na foto, grudada no fio", falou Marilza Carrilho, psicopedagoga, moradora da região.

Segundo elas, várias pessoas ligaram para a PMA (Polícia Militar Ambiental), mas a equipe não foi remover as aves. Por telefone, o órgão confirmou que houve um chamado, mas explicou que devido a natureza da ocorrência, que envolve eletricidade, somente a Energisa poderia efetuar a retirada.

Por volta das 19h do sábado, as aves já haviam sido retiradas.

WhatsApp: fale com os jornalistas do Midiamax

O leitor enviou o vídeo ao WhatsApp do Jornal Midiamax no número (67) 99207-4330. O canal de comunicação serve para os leitores falarem com os jornalistas. Flagrantes inusitados, denúncias, reclamações e sugestões podem ser enviados com total sigilo garantido pela lei.

Jornal Midiamax