Cotidiano

Agesul terá de indenizar motociclista que se feriu em quebra-molas

Mulher sofreu traumatismo craniano

Clayton Neves Publicado em 23/02/2016, às 18h42

None
foto1_1.jpg

Mulher sofreu traumatismo craniano

Uma motociclista, de 31 anos, ganhou na justiça uma indenização de R$ 23,1 mil, depois de sofrer um acidente por causa de um quebra-mola não sinalizado em uma curva da rodovia MS 162, conhecida como Avenida Guaicurus, em Dourados. O acidente aconteceu em setembro de 2010.

De acordo com o processo, a mulher trafegava em um veículo Honda-Biz, no trecho Dourados a Ithaum, no quilômetro 6 da rodovia. Por não haver sinalização e por causa da baixa claridade, por volta das 18h30, ela passou direto pelo obstáculo e perdeu o controle da direção da moto.

Por causa do acidente, a mulher sofreu traumatismo craniano, teve complicações na visão e alterações na memória recente. Na ação judicial, a vítima atribuiu responsabilidade à Agesul-MS (Agência Estadual de Gestão de Empreendimentos), responsável pela via.

Na sentença, o Juiz condenou a Agência Estadual a pagar R$ 20 mil por danos morais e R$ 3.159,82 referente aos danos materiais da motociclista.

Jornal Midiamax