Cotidiano

Visitantes ‘porcalhões’ deixam moradores de bairro indignados

Árvores plantadas por moradores são arrancadas na calada da noite

Thatiana Melo Publicado em 15/04/2015, às 15h26

None
lixo_praca_2.jpg

Árvores plantadas por moradores são arrancadas na calada da noite

O que era para ser uma ação de melhoria para a vida de quem mora no Bairro Cidade Jardim, virou revolta por parte dos moradores da região. Com diversas reclamações de abandono de uma das praças do bairro, um grupo acabou mobilizando-se no último sábado(11), para dar um fim a sujeira do local.

A mobilização foi feita através de um grupo montado via WhatsApp, e a jornalista de 34 anos, Vivianne Nunes, revela que cerca de 20 pessoas participaram da limpeza e reurbanização do local. “No sábado cada um levou sua ferramenta, limpamos a sujeira do local, plantamos 40 árvores frutíferas na praça, mas quando chegou à noite tudo já estava sujo, com latas de cerveja e carvão”, fala a jornalista.

Outra reclamação é de quem visita o local impedindo que as crianças que moram no local de frequentar a praça. “As crianças não conseguem brincar na quadra por que são expulsas com xingamentos, de quem não mora no bairro mas utiliza a praça”, diz Vivianne.

Ainda de acordo com a jornalista na manhã desta quarta-feira (15), todas as mudas de árvores estavam quebradas e a praça já estava tomada de lixo deixado pelos visitantes ‘porcalhões’.

“Queremos resolver a situação, já que é complicado ter que pagar por segurança, sendo que isto seria obrigação do poder público fornecer para a população”, afirma.

O jornal entrou em contato com a Semadur (Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Desenvolvimento Urbano), e com a Prefeitura sobre a falta de segurança e depredação do local, através de e-mail, mas até o fechamento da matéria não obtivemos resposta.

Jornal Midiamax