Cotidiano

VÍDEO: obra inacabada faz carros atolarem e deixa moradores ilhados em casa

Caminhão da coleta do lixo não consegue nem entrar na rua

Padrão do site Publicado em 05/11/2015, às 14h17

None
barro_rua.jpg

Caminhão da coleta do lixo não consegue nem entrar na rua

A rotina dos moradores da Rua dos Emboabas, na Vila Nossa Senhora das Graças em Campo Grande é ditada pela chuva. Toda vez que o dilúvio surge, eles não conseguem sair nem entrar em casa, como mostra o vídeo gravado por um morador do local. Isso por conta de uma obra de asfalto que está em “andamento” há 13 meses.

No vídeo é possível ver os resultados da obra inacabada: uma rua tomada por lama e poças de água que impedem o trânsito de carros e pessoas no local. Segundo autor do vídeo e morador, Maurício Fernandes, de 47 anos, a Prefeitura iniciou a obra em outubro do ano passado e desde então, não finalizou.

A circunstância exposta no vídeo se repete a cada vez que chove, mas desta vez a chuva trouxe uma dor de cabeça diferente para o morador. Na tentativa de entrar em casa, o comerciante teve seu carro atolado na noite de ontem (4), ao voltar do trabalho. Mesmo com auxílio da vizinhança não foi possível mover o automóvel, que após diversas tentativas teve de “dormir na rua”.

“A situação já está difícil para quem anda de carro, agora imagina quem depende de ônibus. As pessoas precisam sair com sacolas de supermercado no pé, por conta do lamaceiro. Isso, quando conseguem sair”, analisa.

Os problemas se estendem no local em razão da ausência da coleta de lixo. Ainda segundo morador, “há aproximadamente três semanas o caminhão não consegue entrar na rua e sacos de lixos estão espalhados pelas vias”.

Em contato com a Prefeitura, o Jornal Midiamax foi informado de que o problema seria da gestão anterior, mas que o atual governo está encaminhando a situação.

“A gestão anterior não solucionou questões legais relacionadas a uma área particular, onde, de acordo com o projeto, deveria passar parte do sistema de drenagem. Essa questão está sendo encaminhada pela atual gestão. Vamos encaminhar para a Seintrha a situação da via, mas vale lembrar que não há como fazer cascalhamento em períodos chuvosos”.

WhatsApp: fale com os jornalistas

O leitor enviou as imagens ao WhatsApp da redação, no número (67) 9207-4330. O canal de comunicação serve para os leitores falarem diretamente com os jornalistas do Jornal Midiamax. Flagrantes inusitados, denúncias, reclamações e sugestões podem ser enviados com total sigilo garantido pela lei.

Jornal Midiamax