Cotidiano

Veterinária e pet shop são multados por deixar bichos sujos e com fome

Dono dificultou trabalho e foi preciso chamar a Polícia Civil

Midiamax Publicado em 10/08/2015, às 19h16

None
crmv.jpg

Dono dificultou trabalho e foi preciso chamar a Polícia Civil

Um pet shop, localizado no Conjunto Residencial Mata do Jacinto, em Campo Grande, e uma médica veterinária, foram multados em R$ 18 e R$ 6 mil por manterem animais à venda em más condições de higiene.

O CRMV-MS (Conselho Regional de Medicina Veterinária) chegou até o local por meio de denúncia, enviada por e-mail no dia 1º de agosto deste ano.

Um dos proprietários tentou impedir a entrada da fiscalização e, por causa disto, a ação acabou realizada em conjunto com a Polícia Civil. No local, o Conselho notou más condições de higiene e animais fora das gaiolas, transitando livremente no interior do estabelecimento junto com bichos de outras espécies e tamanhos. 

 Além destas irregularidades, constatou-se também que um hamsters morreu por falta de água e alimento. A equipe de fiscais também encontrou materiais que indicavam a prática de clínica médica-veterinária no pet shop.

Tanto o estabelecimento quanto a veterinária foram autuados por descumprirem as Resoluções CFMV nº 1069/2015, que estabelece princípios e normas para garantir a segurança, a saúde e o bem-estar dos animais que estiverem sob o cuidado de pet shops e por emitir vacinação de animais ou qualquer outra prática da clínica veterinária em estabelecimento comercial.

Conforme informações da assessoria de imprensa do Conselho, a denúncia será analisada e pode, inclusive, resultar em um processo contra a veterinária autuada.

Jornal Midiamax