Cotidiano

Vai às compras? Veja as orientações de segurança da Guarda Municipal

Plano de Ações espera minimizar assaltos na área central

Midiamax Publicado em 09/10/2015, às 19h33

None
comercio.jpg

Plano de Ações espera minimizar assaltos na área central

Quem tem criança deve ir às compras neste feriadão. Para a segurança dos pais, a GMCG (Guarda Municipal de Campo Grande) dá orientações de como prevenir roubos ou furtos no centro de Campo Grande. Também foi feito um Plano de Ações para a fiscalização da área.

Segundo o guarda Djalma, as pessoas não devem ficar andando sozinhas. “Se possível é bom ir acompanhado, com um amigo ou familiar”. Outra dica dele é que as pessoas não podem deixar bolsas em locais de visibilidade, “que fique fácil para um bandido levar”.

Djalma ainda comentou que a principal dica para quem vai às compras é “não andar com muito dinheiro. As pessoas costumam abrir a bolsa na frente dos outros mostrando o volume ou as cédulas que estão na carteira, isso não pode”.

                                          Arte: Jhully Espíndola

O guarda também ressaltou que as pessoas não devem dar dinheiro a morador de rua. “As pessoas abrem a carteira na frente dele, incentivando a pessoa a ficar ali pedindo. E outra, às vezes ele tem contato com um outro da próxima rua e pode avisar que aquela pessoa está com determinada quantia na carteira”, explicou ele.

Os pais que levarem as crianças ao centro para escolher os presentes também precisam tomar cuidado. “Não descuidar, sempre está de olho neles”, afirmou ele.

Aqueles que vão às compras na área central ainda podem contar com o sistema de videomonitoramento, que entrou oficialmente em operação no dia 19 de junho. São mais de 20 câmeras em funcionamento no quadrilátero formado pelas ruas Rui Barbosa, 26 de Agosto, Noroeste e Avenida Mato Grosso. Segundo as informações oficiais, as câmeras têm 450 metros de alcance, geram imagens em 360º e dispõem de dispositivo day/night (dia e noite).

Para o presidente do Conselho Comunitário de Segurança da Região Central de Campo Grande, Adelaido Luiz, houve diminuições de ocorrências de roubos e furtos no centro da cidade. “As ocorrências diminuíram em regiões estratégicas, principalmente, com o videomonitoramento. Desde que foram colocadas as câmeras em a redução foi de 30%”, afirmou ele.

O presidente também comentou que se a Guarda Municipal tivesse um pronto atendimento melhoraria ainda mais o serviço. “É preciso aperfeiçoar o serviço com mais viaturas e um tempo de resposta menor. Muitas vezes algumas coisas são vistas e eles não chegam a tempo. Isso prejudica o comércio”, explicou ele.

Segundo o guarda municipal Djalma, há 2 carros e 4 motos para o atendimento das ocorrências na área central.

Ações do mês

Segundo Djalma, são três ações que colaboram para a diminuição das ocorrências na área central e mudança na visão da população quanto a GMCG.

PB (Ponto Base) Prevenção é uma iniciativa que visa tirar moradores de rua e dar segurança para a população. “A população precisa se sentir segura para andar no centro. Nós fazemos ronda todas as noites para retirar esse pessoal das ruas”, explica o guarda municipal Djalma, que acrescentou que as rondas também são feitas nos fins de semana, sábado das 13h äs 16h e domingo das 7h as 10h.

Outra ação da Guarda Municipal será uma Blitz Educativa para orientar a população sobre o trânsito na área central. “O objetivo é a prevenção. Nós vamos ter a ajuda de alguns alunos de Escolas Municipais nessa blitz que acontecerá na Rua Barão do Rio Branco”, disse ele.

A Guarda Municipal aumentará as rondas neste mês com objetivo de abordar e retirar usuários da área central, principalmente nas redondezas na antiga rodoviária. Esse é o objetivo da Integração unificada Guarda/Sesau/SAS.

Jornal Midiamax