Cotidiano

Unidades de saúde da Capital terão farmacêuticos para atender população

Prefeitura assinou nesta terça termo para regularizar as farmácias públicas

Midiamax Publicado em 16/06/2015, às 19h04

None
unnamed.jpg

Prefeitura assinou nesta terça termo para regularizar as farmácias públicas

As farmácias das unidades de saúde de Campo Grande terão farmacêuticos para atender a população. A Prefeitura assinou nesta terça-feira (16) termo para regularizar as farmácias públicas do município.

O compromisso foi firmado oficialmente no gabinete da Sesau (Secretaria Municipal de Saúde) e contou com as assinaturas do secretário de saúde Jamal Salem e do presidente do CRF/MS (Conselho Regional de Farmácia do Estado de Mato Grosso do Sul) Ronaldo Abreu.

Pelo acordo, o CRF/MS se compromete a facilitar ao máximo para registrar as farmácias públicas municipais, isentando a prefeitura de taxas e encargos e em contrapartida a Sesau se empenhará ao máximo para registrar imediatamente os estabelecimentos e buscará a assistência farmacêutica total nas farmácias das Unidades Básicas da Saúde da família.

Vitória para a saúde pública

Para o presidente do Conselho, o compromisso firmado é uma vitória para a saúde pública. “O brasileiro adora se automedicar, o que é muito perigoso. A presença do farmacêutico é mais que necessária. Ele vai atender e orientar a população”, disse Ronaldo.

Jamal destacou a importância do farmacêutico nas farmácias das unidades de saúde. “Ele vai explicar, tirar duvidas e dar segurança para a população”.

Inicialmente foram contratados 44 farmacêuticos concursados. O número deve aumentar até o fim deste ano.

Jornal Midiamax