Cotidiano

Santa Casa confirma repasse da prefeitura e pagamento de 2,6 mil funcionários

Funcionários ameaçavam entrar em greve

Kemila Pellin Publicado em 09/06/2015, às 19h02

None
img-20150609-wa0086.jpg

Funcionários ameaçavam entrar em greve

A Santa Casa de Campo Grande informou que por volta das 15 horas desta terça-feira (9), começou a fazer o pagamento dos funcionários, que estava atrasado. Conforme a entidade, os salários estavam bloqueados porque a prefeitura não havia feito o repasse relativo ao mês de maio, no valor de R$ 19,730 milhões.

Ainda conforme a ABCG (Associação Beneficente de Campo Grande), a verba só foi repassada no início da tarde de hoje, após os funcionários de enfermagem, cardiologia e do administrativo, realizarem uma assembleia e decidirem por entrar em greve a partir desta quarta-feira (10), caso o pagamento não fosse realizado.

A presidente do Sindicato de Enfermagem, Helena Delgado, confirmou as informações e reforçou que a greve está suspensa, porém, destacou que ela e os representantes dos demais sindicatos irão acompanhar a reunião para discutir a renovação do contrato entre a entidade e os órgãos públicos. “Nós suspendemos a greve, mas vamos continuar a mobilização de todos os trabalhadores para a assinatura do contrato, porque isso envolve a todos nós. Se a Santa Casa não tem verba, como vai fazer para manter os funcionários?”, destacou a presidente.

A reunião está marcada para acontecer nesta quinta-feira (11), às 14 horas, na Assembleia Legislativa. Devem participar os secretários de saúde do estado e município, Nelson Tavares e Jamal Salem e a diretoria da Santa Casa. O valor desse novo contrato discutido é de R$  20.750 milhões. 

Jornal Midiamax