Cotidiano

Reforma do Hospital da Mulher deve ficar só para o ano que vem

 Reforma depende de elaboração de projeto e captação de recursos

Thatiana Melo Publicado em 14/05/2015, às 15h48

None
20150514_112621.jpg

 Reforma depende de elaboração de projeto e captação de recursos

 O fechamento do Hospital da Mulher, Vó Honória Martins, nas Moreninhas que seria fechado para reforma, não deve acontecer mais neste ano de 2015, segundo informações da assessoria de comunicação da Prefeitura.

De acordo com a Prefeitura existem planos para a reforma do prédio, mas que só deve ocorrer em 2016, já que é necessário um planejamento e a elaboração do projeto, ainda em estudo. Além da captação de recursos ainda sem data para ocorrer. “Se o hospital fechar muitas mães serão prejudicadas. Eu tive minha filha aqui, e ainda tem o acompanhamento médico que é feito”, fala Jéssica Caroline, de 21 anos, mãe de Luna de 3 anos.

O Hospital da Mulher atende em média 645 consultas por mês, e de 80 a 90 partos são realizados na unidade. De acordo com a diretora do hospital, Glória Silva, muitas mães já estão preocupadas com este possível fechamento. “As mães já estão preocupadas por que aqui na unidade acabamos realizando pré-natal que deveria ser feito nas unidades de saúde, mas quando a gestante chega à unidade e não tem ginecologista acaba recorrendo ao hospital”, explica Glória.

Hoje o hospital tem 12 leitos, mas com a reforma este número passaria para 20 leitos. “Quando temos nove mães internadas temos que interditar o hospital porque não temos como atender, e com esta ampliação não seria necessário”, fala. A diretora ainda ressalta que, o hospital acaba atendendo mães de outros municípios como São Gabriel do Oeste, Terenos e Ponta Porã.

A discussão sobre o possível fechamento foi discutido na câmara de vereadores de Campo Grande, no dia 12 de maio, depois da Prefeitura anunciar que o hospital seria fechado para a reforma, ou que poderia até ser desativado, e todo atendimento seria transferido para o PAI (Pronto Atendimento Integrado).

Jornal Midiamax