Prefeitura aguarda resposta oficial da categoria

A Prefeitura de Campo Grande aguarda resposta oficial dos professores da rede municipal sobre proposta salarial, feita no limite máximo para não extrapolar a LRF (Lei de Responsabilidade Fiscal), apresentada na segunda-feira (8). A informação foi dada na manhã desta terça-feira (9) pelo líder do prefeito Gilmar Olarte (PP) na Câmara Municipal, Edil Albuquerque (PMDB).

Segundo Edil, a Prefeitura “não pode ir além disso”, se referindo à proposta apresentada na segunda, de 8,5% parcelado entre julho e dezembro. Os professores, no entanto, já optaram por não aceitar e apresentarão como contraproposta os mesmos 13,01% pedidos até então, também fatiado até o fim do ano.

Uma comissão representando os professores deve apresentar a resposta oficial ao Município ainda nesta manhã. Outro grupo acompanha a sessão ordinária da Câmara Municipal.

Saiba Mais